Governança, sustentabilidade e inovação: temas debatidos no 11º Concred

Publicado em: 30 setembro - 2016

Leia todas


rio

 

O 11º CONCRED RIO – Congresso Brasileiro de Cooperativismo de Crédito, embasado pelo tema governança, sustentabilidade e inovação, encerra-se hoje (30 de setembro), após dois dias de reflexão sobre esses itens da cultura corporativa, responsáveis pela ampliação dos horizontes do Sistema Nacional de Crédito Corporativo (SNCC), oportunizando aos executivos experiências, conhecimentos e network.

Durante o encontro organizado pela Confederação Brasileira das Cooperativas de Crédito (Confebras) e pelo Sicoob Central Rio, foram discutidas as melhores práticas do setor, com especialistas como CEO da The Westerra Credit, John McCloy; o gerente de projetos da AGD, Stefan Daferner; e o presidente da distribuidora de energia Elektro, Márcio Fernandes.

A cerimônia de abertura aconteceu em 28 de novembro, às 19h, e reuniu dirigentes de cooperativas de crédito, representantes de unidades estaduais e autoridades do setor, assim como o secretário-executivo do Banco Central do Brasil (Bacen), Márcio Barreira Moreira, o presidente do Fundo Garantidor de Cooperativismo de Crédito (FGCoop), Bento Venturim, o presidente do Sistema Sicoob, Henrique Villares, o presidente do Sistema Confesol, Assísio Magri, o presidente do Sistema Unicred, Léo Trombka, o presidente do Sistema Sicredi, Manfred Dasembrock, e o presidente da Frencoop Fluminense, Paulo Ramos.

O presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, que participou da abertura do evento, foi enfático ao dizer que o cooperativismo de crédito tem feito a diferença na economia brasileira. “O segmento está dobrando de tamanho a cada quatro anos e daqui para frente não basta ser somente diferente. Temos de ter uma unidade estratégica, respeitando a diversidade das instituições, mas sempre com um foco bem claro: crescer”, reforça Márcio Freitas.

O Concred, que conta com o apoio do Sescoop, é uma realização da Confederação Brasileira das Cooperativas de Crédito (Confebras). Seu presidente, Celso Régis, anfitrião do vento, discursou, satisfeito, sobre os resultados já na edição 2016 do Concred. “Celebramos a conquista, por exemplo, do aumento de público, superior em relação aos anos anteriores. Sinto que, a cada edição, nos fortalecemos como uma rede. O Concred é um espaço de debates de temas que, com toda certeza, serão fundamentais para o desenvolvimento do Ramo Crédito no país”, comentou.

Marcos Diaz, presidente do Sistema OCB/RJ, em seu pronunciamento, disse que o cooperativismo de crédito vive um importante momento. “No Rio de Janeiro, o segmento voltou a crescer, seguindo a realidade dos demais estados brasileiros. E o Congresso será um campo fértil que possibilitará o crescimento contínuo das instituições financeiras cooperativas, não só no Rio, mas em todo o país”, concluiu.

Na sequência, Walter Longo – presidente do Grupo Abril, administrador de Empresas, com MBA na Universidade da Califórnia, eleito quatro vezes o melhor profissional do ano do Prêmio Caboré – fez a palestra magna, quando enfocou Governança, Sustentabilidade e Inovação: tríade dos pilares que sustentarão o desenvolvimento do Cooperativismo Financeiro.

Na ocasião, além de homenagens relativas aos 30 Anos da Confebras também foram lançados três livros: Cooperativismo financeiro – virtudes e oportunidades, de Ênio Meinen; Metacooperar – Sete Elementos para uma Gestão Transformadora: Inovando o Cooperativismo Financeiro, dos autores Márcio Nami e Fábio Barbalho; e Cooperativismo de Crédito – boas práticas no Brasil e no mundo, resultado de um projeto de prospecção de boas práticas focadas no Ramo Crédito, iniciado pelo Sistema OCB em parceria com o Banco Central do Brasil, e está disponível para download gratuito neste link.


Dia 29 – O crescimento do mercado nacional e o cenário mundial foram destaque foram o destaque do segundo dia, uma vez que, atualmente, o cooperativismo de crédito já representa 18% das agências bancárias e administra 5% do total de depósitos no Brasil.

No painel Sistema Nacional de Cooperativismo de Crédito – Perspectivas e Desafios, o presidente da Confederação Brasileira das Cooperativas de Crédito, Celso Ramos Régis; o Presidente do Fundo Garantidor do Cooperativismo Bento Venturim; e o Coordenador do Conselho Consultivo de Crédito da OCB, de Léo Trombka, comentaram sobre o crescimento do setor no país, solidez das cooperativas e desafios futuros.

Bento Venturim destacou a solidez das cooperativas: “Em 28 meses do fundo garantidor, não houve nenhum resgate ou recuperação judicial”, afirmou. Para ele, o crescimento sustentável do modelo de cooperativismo de crédito poderá trazer vantagens para toda a sociedade, sobretudo as comunidades menos atendidas pelo sistema bancário tradicional.

O olhar para fora do país comprova o potencial de crescimento das cooperativas. No Painel Internacional, o Presidente do The Westerra Credit Union, John McCloy, mostrou que as cooperativas de crédito já atendem a 25% da população americana, com um total de 102 milhões de associados. Lá, as cooperativas contam com ativos de mais de US$ 1 trilhão. O Project Manager International da Academia das Cooperativas Alemãs, Stefan Daferner, explicou que na Alemanha, onde cooperativismo de crédito conta 160 anos de tradição, 1 em cada 4 pessoas é associada de alguma cooperativa, num total de 20 milhões de cooperados.

A Sustentabilidade também foi discutida, no painel “Plataforma Liderança Sustentável”. A Superintendente de Sustentabilidade do banco Santander, Linda Murasawa, explicou a responsabilidade das instituições financeiras ao conceder empréstimos. Para ela, é fundamental investigar a sustentabilidade das empresas para apoiar o desenvolvimento de organizações comprometidas com a sociedade e meio ambiente.

Além disso, foi oficialmente divulgada a campanha “Vem Cooperar”, projeto inédito desenvolvido conjuntamente pelo Sicoob Uni, Sistema OCB/Sescoop-GO, Sicoob Goiás Central e Central Sicredi Brasil Central com o objetivo de divulgar os diferenciais do cooperativismo financeiro para a sociedade. A partir de outubro a campanha será veiculada em canais de televisão aberta e fechada, jornais impressos nos estados de Goiás e Tocantins, e ainda em sites jornalísticos e redes sociais.


Dia 30 – O último dia do Concred Rio começa com mesa enfocando as Perspectivas de Expansão do Cooperativismo Financeiro, presidida por Otávio Ribeiro Damaso – diretor de Regulação (Dinor); Paula Ester Farias de Leitão – chefe adjunto do Departamento de Normas do Sistema Financeiro (Denor); e João Luiz Faustino Marques – Chefe Adjunto do Departamento de Organização do Sistema Financeiro (Deorf). Na sequência, acontece palestra sobre Inovação & Conhecimento, a cargo de Rivadávia Drummond – professor e consultor, pós-doutorado pela Faculty of Information Studies da Universidade de Toronto, especialista em Inovação e Conhecimento.

· O Cenário Econômico é o tema do talk show Decifrando a Economia para Superar a Crise, com Denise Barbosa – jornalista e apresentadora do segmento de economia e de finanças da Globo News e Antonio Corrêa de Lacerda – Economista, Doutor em Economia, professor da PUC/SP e Consultor de empresas sobre temas econômicos, tendo como debatedores Marco Aurélio Borges de Almada Abreu, diretor-presidente do Bancoob e João Francisco Sanchez Tavares, diretor executivo de Administração e Finanças do Banco Cooperativo Sicredi.

· Na parte da tarde, após apresentação do resultado da Pesquisa do Inepad – Governança e Inovação nas Cooperativas Financeiras, pelo professor Dr. Alberto Borges Matias, fundador do Instituto de Ensino e Pesquisa em Administração – Inepad, acontece palestra de Antonio Carlos Teixeira Álvares, professor da Escola de Administração de Empresas de São Paulo e da Fundação Getúlio Vargas, membro do Fórum FGV – Inovação; seguida de apresentação dos resultados das Estações Temáticas e da Carta Concred Rio de Janeiro; além de divulgado o local de realização do 12º Concred.


Feira de Negócios Cooperativistas – Em paralelo, às palestras e seminários, empresas que atuam junto ao cooperativismo de crédito apresentaram soluções para a atividade, assim como os próprios membros do SNCC, sendo um espaço direcionado à apresentação de soluções e tendências para o mercado financeiro. Nesta edição, um novo espaço foi criado: o “Fale com CEO”, que objetivou promover o encontro entre os presidentes e/ou CEOs das empresas ou instituições expositoras com o público interessado nos produtos/serviços apresentados.

Entre os expositores estão Mapfre, Perto, Saque e Pague, com soluções para o SNCC, além de representantes de todos os sistemas cooperativos, como Sicoob, Sicredi e Unicred, assim como as instituições do setor, como Confebras e Sistema OCB.



Publicidade