Marco para o cooperativismo: Seguros Unimed cria Fundo Imobiliário para construir hospitais no país

Publicado em: 15 junho - 2022

Leia todas


Helton Freitas, presidente da Seguros Unimed; empresa aposta na criação de um fundo imobiliário centralizado para captar dinheiro e distribuir para suas cooperativas para acelerar a construção de novos hospitais

O cooperativismo sempre possuiu como um de seus pilares a preocupação social. Esse trabalho junto à comunidade acontece de diversas formas, seja promovendo oportunidades ou oferecendo direitos básicos ao ser humano. Um desses direitos, é a saúde. E as cooperativas do setor hoje atuam para ampliar o acesso à atendimentos de primeira, com profissionais renomados e centros de última geração. 

Mas as iniciativas neste sentido vão além, e as cooperativas buscam ainda ampliar a cadeia de atendimento nacional, para além das já habituais clínicas e centros. Prova disso, é o movimento recentemente anunciado pela Seguros Unimed, que está criando um fundo imobiliário para a construção de hospitais. 

Criado através da InvestCoop Asset Management, gestora de recursos financeiros do Sistem Unimed, o Fundo já fez a captação de R$101,7 milhões para a construção do hospital Unimed Campina Grande (PB), além de R$10,5 milhões na primeira oferta para a compra do terreno e projetos, totalizando um montante de R$112,2 milhões. Ocupando uma área de 12 mil metros quadrados, o projeto – que deve ficar pronto em 18 meses – deve atender 47 mil beneficiários do Sistema Unimed. 

Dr. Helton Freitas, CEO da InvestCoop Asset Management

O Dr. Helton Freitas, CEO da InvestCoop Asset Management, destaca a importância da criação do Fundo. “Esse é o primeiro fundo imobiliário de desenvolvimento e renda gerido e distribuído pela asset e sua criação foi impulsionada por uma visão estratégica de negócios, que enxerga a captação de recursos no mercado como uma forma eficiente de obter meios para acelerar a verticalização no Sistema Unimed”, explica.  

Além de impactar diretamente a capacidade de atuação de todo o Sistema Unimed, a construção do hospital em Campina Grande é o início de um movimento que vai beneficiar, no estágio final, milhares de pessoas e consequentemente, o próprio Sistema. “Com um hospital próprio, a Unimed Campina Grande será capaz de ampliar os serviços ofertados na cidade, expandindo o market share da marca na região.   Como dito acima, esse movimento de verticalização deve ser replicado com a instituição de fundos imobiliários para viabilizar a construção de hospitais da Unimed em diferentes regiões do país. A próxima cooperativa a se beneficiar da iniciativa deve ser a Unimed Maceió”, nos conta. 

Expansão e futuro 

Um dos setores mais tradicionais do cooperativismo, o ramo Saúde possui grande destaque no mercado nacional. Segundo dados do Anuário do Cooperativismo Brasileiro 2021, são 758 cooperativas espalhadas pelo país, totalizando quase 293 mil cooperados e mais de 116 mil empregados. Competindo com grandes redes de saúde criadas dentro e fora do país, hoje as cooperativas possuem grande participação, sendo uma alternativa mais próxima das pessoas, sobretudo em regiões mais afastadas. 

Para Freitas, o êxito visto na primeira captação é retrato direto dessa conexão do brasileiro com as cooperativas de saúde. “O sucesso da captação do nosso primeiro fundo imobiliário mostra a confiança do Sistema Unimed e do mercado na InvestCoop, mesmo diante de um momento econômico e político bastante adverso no país. Trata-se de uma excelente alternativa para expandir a verticalização no Sistema Unimed, a exemplo do que já fizeram as Unimeds Sul-capixaba e Salto Itu. Essa é uma tendência já consolidada no competitivo mercado de saúde suplementar e acreditamos que, quando bem executada e gerida, pode trazer benefícios para as empresas e para os clientes”, destaca. 

Sendo braço financeiro do Sistema Unimed, a Seguros Unimed detém atualmente 99% da InvestCoop Asset Management, contribuindo diretamente com o fortalecimento dos negócios e garantindo a sustentabilidade e longevidade das cooperativas da marca. 

Contudo, atender a mais pessoas não é o único e exclusivo objetivo do Fundo. Através de um Fundo Nacional, a Seguros Unimed pretende unificar as cooperativas Unimed espalhadas por todo o Brasil, que hoje possuem uma gestão independente. As perspectivas da cooperativa é de captar mais de R$ 1 bilhão, com o próprio Sistema complementando este número com mais 1 bilhão adicionais, totalizando um investimento de 2 bilhões na iniciativa. 

Esta “entrada” no mercado financeiro é ainda, uma terceira camada adicionada à importância deste feito da cooperativa. Com tais iniciativas, vistas não somente no ramo Saúde, mas também em outros, o sistema aos poucos se abraça, mostrando a importância de uma intercooperação entre cooperativas e no movimento como um todo. 

Tal passo, é um estímulo à busca por novos meios de atuação, que podem ampliar a capacidade de impactar vidas. Para Freitas, este é um momento histórico para o Sistema, e deve iniciar uma nova fase no setor. “O sucesso do Fundo Imobiliário é um passo importante para todo o Sistema Unimed, não apenas para a Seguros Unimed, que é uma parte desse conjunto de cooperativas que sempre agiu em benefício da vida e do patrimônio dos médicos cooperados e seus pacientes. Através da InvestCoop Asset Management, a seguradora mostra todo o potencial de investimentos do Sistema Unimed para o universo financeiro, unindo as forças de investidores e de uma das marcas cooperativistas mais longevas no mercado de saúde brasileiro”, finaliza. 


Por Leonardo César – Redação MundoCoop



Publicidade