O novo episódio está no ar! Confira o Papo Coop #17

Publicado em: 26 janeiro - 2022

Leia todas


O novo episódio do Papo Coop está no ar! E nesta semana, a MundoCoop recebe em seu programa multiplataforma o consultor de empresas, DENNIS GIACOMETTI. Para realizar uma provocação ao público, ele traz o tema O COOPERATIVISMO PRECISA SE REINVENTAR

O cooperativismo viu uma grande expansão na última década. O movimento cresce a cada ano em número de cooperados, cooperativas e consequentemente, faturamento. Porém, em alguns aspectos – apesar e todo o sucesso do setor – ainda podemos evoluir. 

“Mais importante do que processos e serviços fornecidos na cooperativa, são as pessoas que lá trabalham” 

Ao longo dos anos as cooperativas evoluíram em vários aspectos. Hoje elas estão alinhadas com grandes novidades do mercado, criando processos de intercooperação com negócios fora do ramo (como as startups) de modo a sanar as dores de seu público. Neste processo, porém, a gestão das cooperativas se modificou de forma reduzida, algo a ser revisto para os próximos anos. 

Poucas são as diferenças na forma de prestar de serviços ao cooperado. Hoje se faz necessário criar uma identidade mais forte nas cooperativas, com produtos e serviços que sejam customizados para o público de uma cooperativa específica. Neste tópico, uma oportunidade se apresenta. 

“Hoje nas cooperativas, existe uma ausência do trabalho de conhecimento” 

É fundamental que haja nas cooperativas um espaço onde exista um trabalho pautado no conhecimento. Um trabalho que vai além das ferramentas novas, mas sim que busque a diferenciação diante de outras cooperativas. 

Neste processo, a cooperativa pode identificar fatores primordiais para que haja uma penetração maior entre seus clientes e cooperados, de forma que as tribos de clientes e suas características, sejam conhecidas pela cooperativa, e assim, ela possa entregar um trabalho com mais propósito e assertividade. 

“O que é vender hoje, no século XXI?” 

A relação entre empresa e cliente não é perfeita. É preciso que seja estabelecida uma confiança entre as duas partes, de forma que o negócio possa ser feito e concluído. No mundo líquido da atualidade e nas relações de troca, há interesses envolvidos. Vender significa desenvolver uma base para a criação de interesses mútuos. 

Para que haja esse alinhamento, é preciso ter sintonia. Neste contexto, o conhecimento deve estar presente. O trabalho do conhecimento busca tornar uma empresa mais criativa, para que ela crie fatores de sucesso que as diferenciem. Somado a isso, aumenta-se a produtividade e os resultados. 

“Para que o trabalho do conhecimento aconteça, é preciso que haja uma reformulação do trabalho de gestão” 

No contexto atual, a gestão é engessada. O compartilhamento de conhecimento é barrado por hierarquias e pouca abertura para ideias. É imprescindível que, neste mundo dinâmico, haja uma conexão entre mercado, clientes e colaboradores, que em um novo posicionamento, observam seu trabalho ganhar mais propósito. Nesta nova gestão, todos colaboram com a criação de ideias que busquem atender da melhor forma o cliente e cooperado. 

Para se reinventar, enfim, a cooperativa precisa conhecer os múltiplos pensamentos que existem em seu ecossistema. Assim, ouvindo múltiplas vozes, é que ela irá dar o próximo passo, rumo a novos horizontes. 

Quer conferir o Papo Coop #17 na íntegra?

OUÇA o novo episódio no Spotify!

ASSISTA o novo episódio no YouTube!


Por Leonardo César – Redação MundoCoop


Confira outros destaques:



Publicidade