Projeto dará representatividade para cooperativas em deliberações do G20

Publicado em: 05 abril - 2021

Leia todas


Como reflexo dos impactos causados pela pandemia, a International Cooperative Alliance (ICA) criou o Grupo de Trabalho ICA G20, que pretende dar mais voz para as cooperativas nas discussões do próximo G20, que acontece em outubro em Roma, Itália. A iniciativa surge com o aumento da participação e nas recomendações submetidas aos líderes do G20, que cada vez tem feito referências ao trabalho das cooperativas.

Os grupos de engajamento do G20 irão discutir e desenvolver recomendações que serão encaminhadas para os líderes do G20, para que então estes as considerem e façam suas deliberações. O Grupo de Trabalho ICA G20 contará com a ajuda dos membros da Aliança Cooperativa Italiana nas discussões, principalmente nas que envolvem negócios e a sociedade civil.

“O Grupo de Trabalho ICA G20 auxiliará na obtenção de um maior impacto das cooperativas, além de ampliar suas vozes, para que elas tenham influência e sejam incluídas nas recomendações enviadas aos chefes de Estado e Governo durante o G20 de Verão”, salientou Bruno Roelants, Diretor Geral da ICA. “O grupo possui membros de 13 dos 20 países do G20, e pretendemos em breve receber participantes dos países restantes.”

O grupo de trabalho do ICA G20 foi criado sob a liderança de um presidente coordenador e dois vice-presidentes. Na primeira reunião realizada a 23 de Março, os membros nomearam Howard Brodsky, Co-Fundador, Presidente, e Co-Chief Executive Officer da CCA Global Partners, Estados Unidos, como Presidente do Grupo de Trabalho do G20 da ACI.

“O papel das cooperativas não poderia ser mais crítico do que agora, uma vez que o mundo está atravessando uma pandemia. As cooperativas são bastante importantes e significativas para as pessoas em todo o mundo, no entanto, sabe-se tão pouco sobre elas e sobre o que fazem. Portanto, ter uma participação nos compromissos do G20 é muito oportuno para partilharmos o que as cooperativas fazem e como resolvem alguns dos desafios globais que têm aumentado, e como contribuem para a igualdade e a voz democrática de todos”, disse Howard Brodsky.

Os Vice-Presidentes coordenarão as discussões para o B20 ou C20, e a sua posição será rotativa, dependendo do país anfitrião da Presidência do G20 em cada ano. Os Vice-Presidentes e os facilitadores das forças-tarefas B20 e C20 da Aliança Cooperativa Italiana são:

  • Vice-presidente encarregado dos grupos de trabalho B20: Alessandro Hinna, Presidente do Consorzio Nazionale dei Servizi, um Consórcio Nacional de Cooperativas de Serviço e Professor Associado da Universidade de Roma.
  • Facilitador das Forças Tarefas B20: Stefania Marcone, Chefe das Relações Internacionais e Políticas Europeias, Legacoop Itália.
  • Vice-presidente responsável pelas Forças Tarefas C20: Giuseppe Guerini, Presidente da CECOP CICOPA-Europa.
  • Facilitador das forças-tarefas C20: Danila Curcio, Chefe das Relações Institucionais Internacionais, Confcooperative.

Os representantes das cooperativas estão participando de quatro dos oito grupos de trabalho B20. Isto inclui:

  • Emprego e Educação ;
  • Eficiência Energética e de Recursos ;
  • Saúde e Ciências da Vida; e
  • Conselho de Ação sobre Sustentabilidade e Emergências Globais.

Simultaneamente, representantes cooperativos estão participando de todas as oito forças-tarefas do C20, que incluem:

  • Finanças;
  • Agenda 2030 & Desenvolvimento Sustentável;
  • Saúde Global;
  • Clima, Biodiversidade e Transição Ecológica;
  • Cidadania Global e Educação;
  • Anti-corrupção;
  • Digitalização e
  • Gênero.

Cooperativas têm participado nas edições anteriores do B20 com representantes da força-tarefa, garantindo que sejam reconhecidas como contribuintes-chave para resolver os desafios do mundo. Sua participação e defesa resultaram em várias referências e reconhecimento de cooperativas nos documentos finais da política do B20 apresentados aos líderes do G20.

Estes representantes de cooperativas alcançaram um marco-chave ao aumentar a conscientização sobre cooperativas com líderes empresariais, resultando em uma compreensão mais ampla do papel e da importância das cooperativas como um ator fundamental para melhorar o desenvolvimento sustentável.


Fonte: ICA News


Notícias Relacionadas:



Publicidade