Serviço com apoio da Unimed Goiânia realiza quase 10 mil viagens em 30 dias

Publicado em: 07 fevereiro - 2017

Leia todas


mundocoop_ultimas_do_sistema_umied_debike

As bicicletas públicas compartilhadas, no final de janeiro, completam um mês de funcionamento nas ruas de Goiânia. Em 30 dias, quase 10 mil viagens foram realizadas pelas 150 bikes, que estão disponíveis em 15 estações. A frequência de uso das verdinhas na Capital, segundo dados do grupo Serttel, responsável pela operação do sistema, supera em 50% cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Buenos Aires, na Argentina. A Unimed Goiânia é a principal patrocinadora do projeto.

Para comemorar o primeiro mês do Projeto DeBike, a Prefeitura de Goiânia, grupo Serttel e Unimed Goiânia lançam a Cartilha do Ciclista, disponibilizada no site www.debikegoiania.com.br. A publicação tem dicas para pedalar com segurança pelas ruas, orientações de primeiros socorros e as regras de circulação previstas pelo Código Brasileiro de Trânsito (CTB).

A cartilha também traz informações sobre como denunciar o mau uso das bicicletas. Por ser um projeto de compartilhamento, cada usuário deve fazer a sua parte para manter as bicicletas em bom estado. Detectada a danificação da estação ou o uso da bicicleta de maneira incorreta, qualquer pessoa pode denunciar os casos para a Polícia Militar, pelo 190.

O diretor comercial da Serttel, Israel Leite de Araújo, afirma que o DeBike é uma opção de transporte sustentável, que está com forte adesão em Goiânia. Nestes primeiros 30 dias, o sistema calculou 9.802 viagens até a manhã de sexta-feira (20). Uma média de 333 viagens/dia.

Os domingos são os dias de maior procura. O número recorde de viagens, 530 em um único dia, foi registrado no domingo (15). Durante a semana, o fluxo de utilização das bicicletas compartilhadas também é intenso e a maior procura ocorre na estação localizada na Praça Universitária. “O projeto foi bem aceito pela população goianiense. Os números mostram que a iniciativa é um sucesso total. Além de ser um meio de transporte não poluente, a bicicleta traz benefício para a saúde”, afirma Araújo.

O diretor avalia que a tendência é que a utilização das bikes cresça ainda mais com o retorno do período escolar. O funcionamento do Projeto DeBike pode ser acompanhado em tempo real, pela internet, no site www.debikegoiania.com, onde são catalogadas as viagens, o mapa das estações, os locais onde há bicicletas disponíveis e o nível de compensação ambiental pelas toneladas de crédito de CO2 geradas com o uso do transporte não poluente.

Como usar o sistema

Para utilizar a bicicleta pública compartilhada, o cidadão deve baixar o aplicativo GynDeBike, em seu celular, preencher os dados, escolher o período de utilização e efetuar o pagamento via cartão de crédito. Para cada tipo de periodização, há uma taxa diferente de uso: R$ 4 para um dia, R$ 8 mensal, R$ 35 semestral e R$ 70 anual.

Em seguida, basta selecionar, via celular, a estação e a bicicleta que irá retirar. As estações de compartilhamento das bicicletas públicas funcionam todos os dias, das 6h às 22h59 para retirada de bicicletas e 24 horas por dia para devolução.

O veículo é automaticamente liberado para ser utilizado pelo período de 60 minutos em dias úteis e 90 minutos aos domingos e feriados. A empresa operadora tem todo o controle de utilização das bicicletas. As regras de uso da bicicleta permitem que uma pessoa utilize mais de uma vez. Basta apenas, após o uso da bike pelo período determinado, aguardar 15 minutos para retirar a bicicleta em uma nova utilização. Pelas regras de uso, não há limite de viagens por pessoa.

Decorrido o prazo estipulados sem a entrega, é debitada uma multa no cartão do usuário no valor de R$ 5 por cada 60 minutos excedentes. Aos domingos e feriados, o prazo passa para 90 minutos.

A devolução da bicicleta pode ser realizada em qualquer estação disponível e deve ocorrer dentro do horário estipulado. Na hora de entrega, é preciso encaixar a bicicleta e verificar se a mesma está devidamente travada. Se a estação estiver sem espaço para receber a bicicleta, o cidadão pode entrar em contato com a Central de Relacionamento ao Usuário pelo telefone 4003-0397.

Confira onde estão as estações da DeBike:

1. Paranaíba: Canteiro central da Avenida Goiás, próximo ao Mercado Aberto da Paranaíba, esquina com a Avenida Paranaíba;

2. Bandeirante: Canteiro central da Avenida Goiás, em frente ao Monumento Bandeirante, esquina com a Avenida Anhanguera;

3. Praça Universitária: Estacionamento no anel interno da Praça Universitária, próximo ao Museu da Pontifícia Universidade Católica de Goiás – esquina com a Avenida Universitária;

4. Praça Cívica: Em frente ao Museu de Arte de Goiânia, esquina com a Avenida Universitária;

5. Buritis: Alameda Buritis, em frente ao Bosque dos Buritis, esquina com a Rua Gercina Borges;

6. Praça Tamandaré: Rua 07,oposto ao Banco Bradesco, esquina com a Avenida Assis Chateaubriand;

7. Lago das Rosas: Avenida Assis Chateaubriand, no canteiro central, oposto ao Posto Ipiranga, esquina coma Rua T-07;

8. Unimed: Rua T-07, na Praça Gilson Alves de Souza, esquina com a Rua T-01;

9. Praça do Sol: Rua R-09, na Praça do Sol, oposto ao Cartório Índio Artiaga, esquina com a Rua João de Abreu;

10. Bougainville: Rua 09, em frente ao Shopping Bougainville, esquina com a Rua 36;

11. Marista: Rua 15, oposto ao Centro de Diagnóstico em Radiologia, esquina com a Rua T-55;

12. Areião: Avenida Americano do Brasil, em frente ao Parque Areião, esquina com a Rua 135;

13. Ricardo Paranhos: Canteiro central da Alameda Ricardo Paranhos, oposto ao Restaurante Paim Grill, esquina com a Rua 1128;

14. Vaca Brava: Parque Vaca Brava, na Avenida T-03, oposto à Galeria Pátio do Lago, esquina com a Avenida T-10;

15.T-63: Rotatória da S-01, embaixo do Viaduto João Alves de Queiroz, próximo ao Posto Ale, esquina com a T-63.