Sistema Ocemg lança Campanha 2017 do Dia C

Publicado em: 20 março - 2017

Leia todas


Workshop “Voluntariado: planejamento e gestão”

A solidariedade foi a protagonista de evento que reuniu mais de 90 pessoas na Casa do Cooperativismo Mineiro, no dia 9 de março, e marcou o lançamento da nona edição do Dia de Cooperar (DiC), projeto que, desde 2009, é responsável por transformar Minas Gerais em um exemplo de cooperação e solidariedade. Em 2017 a campanha, que também é realizada em todo o Brasil, terá como tema “Atitudes simples movem o mundo”, provando que fazer o bem está ao alcance de todos.

O lançamento é a primeira etapa do Dia C, momento de troca de informações e aprendizado, para que as cooperativas unam forças e desenvolvam ações solidárias de forma intercooperativa. Esse trabalho será celebrado em uma grande mobilização no dia 1º de julho, data em que é comemorado o Dia Internacional do Cooperativismo.

“No meu entendimento o Dia C é o melhor projeto cooperativista. E é preciso que todos repensem este projeto, não como um dia de caridade, de esmola, mas como uma ação contínua de atenção e cuidado com o outro. O cooperativismo prioriza as pessoas, e quando os cooperativistas priorizam um projeto como o Dia C, elas estão devolvendo, para a sociedade, o que a sociedade promoveu para que elas fossem gloriosas e tivessem resultados positivos”, ressaltou o presidente do Sistema Ocemg, Ronaldo Scucato, na abertura do evento.

A gerente de comunicação do Sistema OCB, Daniela Lemke, destacou o alinhamento com o Sistema Ocemg no desenvolvimento das atividades do Dia C. “O Dia de Cooperar surgiu no Sistema Ocemg e foi abraçado pelo Sistema OCB. É uma oportunidade para que as cooperativas desenvolvam projetos cada vez mais estruturados e entendam as reais necessidades de suas regiões. E o Sistema Ocemg faz bem o trabalho de ouvir as comunidades onde as cooperativas estão inseridas”, explicou.

Além da apresentação do mote e da identidade visual da campanha, o evento contou com a peça teatral “O amor tá na rua”, da trupe “A Torto e a Direito”, que mostrou de forma lúdica e trágica a realidade dos moradores de rua, resgatando sua humanidade através do amor e enfrentando o preconceito e falta de empatia por parte da comunidade e autoridades. Por fim, foi realizado o workshop “Voluntariado: planejamento e gestão”, ministrado por Simone Faustini, mestre em Engenharia de Produção, e Luiza Longo, psicóloga e especialista nas áreas de Responsabilidade Corporativa e Sustentabilidade.



Publicidade