WebCoop: Educação cooperativista na prática

Publicado em: 16 novembro - 2020

Leia todas


Aprimorar o relacionamento da organização é fundamental para a sobrevivência de uma cooperativa e em um cenário que exige cada vez mais prontidão, a formação educacional de cooperados, colaboradores e sócios é essencial para um futuro mais estruturado e com uma participação maior das pessoas.

“Nós ainda abrimos muitas cooperativas, só que ainda formamos poucos cooperativistas”. Foi com essa reflexão do Diretor da MundoCoop, Douglas Ferreira, que se iniciou mais um capítulo da série WebCoop chamado “Educação cooperativista na prática”, que teve as presenças ilustres do professor do curso de cooperativismo da UFV, Pablo Murta Baião e da consultora na APL capacitação e consultoria, Samilla Nunes.

Entender a doutrina da cooperativa e suas necessidades possibilita que os cooperados ajudem a contribuir no desenvolvimento das oportunidades e a enfrentar os desafios impostos pelo mercado. Nesse processo, a organização do quadro social (OQS), que visa conhecer as características dos cooperados; mante-los mais conscientes, participativos e comprometidos com a cooperativa; desenvolver suas habilidades e melhorar a comunicação cooperado X cooperativa, se tornou importante para fidelizar esses cooperados a fim de fazê-los compreender que são os maiores beneficiados na cooperativa. “A educação cooperativa é fundamental e o maior desafio é ativar os cooperados que não estão ativos, fazer com que uma cooperativa seja agregadora de valor”, frisou Pablo.

Entretanto, para que essa evolução organizacional ocorra, é necessário que exista uma participação ativa na estrutura de uma cooperativa. “A gente precisa que os grupos dialoguem entre si, fomentando o engajamento e aumentando a participação dos cooperados nas cooperativas e potencializar o surgimento de novas lideranças”, ressaltou Samilla falando sobre o case de sucesso do Sicredi Jaguariuna, que é responsável por implementar um projeto capaz de mobilizar seus núcleos (jovens, mulheres e delegados) para construir e implementar iniciativas que auxiliem na organização do quadro social (OQS), indispensável para atender as demandas dos cooperados, incentivar o comprometimento e aprimorar ainda mais o dia a dia nas cooperativas.

Dentro desse sistema, é importante que a formação dos grupos esteja atrelada aos novos métodos de inovação que precisam sair da teoria e serem efetivados na prática. “Nós elaboramos a jornada de aprendizado que é composta pelos seguintes blocos: liderança, gestão, inovação e o projeto mão na massa, que é a etapa onde a iniciativa toma vida e sai do papel”, afirmou Samilla.

A educação dos cooperados é uma via de mão dupla onde ambos os lados são beneficiados com o conhecimento. “Fazer as pessoas trabalharem dentro da sua realidade, torna possível o envolvimento dos grupos em prol de um objetivo em comum e esse é um resultado muito rico que pode ser replicado e é o grande sucesso do projeto!'”, finalizou Pablo.

Quer saber mais sobre essas e outras questões discutidas? Confira o webinar completo com exclusividade no link abaixo!

Clique aqui e assista!


Por Redação MundoCoop


+daMundoCoop



Publicidade