[MENTORIA PARA QUE?] Aproveite melhor seus relacionamentos!

Publicado em: 06 outubro - 2016

Leia todas


anderson

 

MENTORIA SERVE PARA QUE?

Anderson Gomes é formado em Administração de Empresas pela Faculdade Mackenzie, com pós-graduação em Marketing Estratégico pela Fundação Getulio Vargas de São Paulo (FGV/SP). É CEO da startup Daily Baby, Diretor de Empreendedorismo na ABRADI-SC e Sócio Mentor nas Startups Daily Pet e OH Educação. Nesta entrevista, ele fala sobre mentoria e sobre os passos e dá dicas sobre como as ferramentas digitais contribuem no enfrentamento da crise financeira atual.

1 – A mentoria é um processo em que qualquer pessoa em dúvida, ou que precisa de orientações, pode utilizar? Dê exemplos de mentorias, por gentileza.
Sim, a mentoria deve orientar os mentorados a tomarem decisões mais assertivas e, também, a percorrerem atalhos que já são de conhecimento do Mentor e que podem acelerar os resultados. Hoje, temos diversos tipos de mentoria, para variados fins: “mentoria para aceleração de negócios”, coaching, mentoria para marketing digital e vendas, entre outros.

2 – Como aproveitar ao máximo uma mentoria?
Sempre costumo dizer que para aproveitar ao máximo uma mentoria é necessário se aplicar o que está sendo transmitido pelo mentor. Aplica, ajusta e melhora. Assim, qualquer pessoa terá um método que poderá leva-la mais rápido ao sucesso. A importante comentar que nós temos o hábito de querer mudar tudo, quando na verdade, o ideal é só replicar aquilo que nos foi passado. E quando necessário fazemos ajustes.

3 – Vender por meio de ferramentas digitais é uma das formas que empreendedores têm conseguido enfrentar a crise financeira atual. Quais dicas pode dar para quem pretende passar por mentoring?
O mentoring deve estar alinhado com o que o empreendedor busca. Não adianta nada você ter um mentor com experiência em RH se na verdade você precisa de diferencial em Marketing. Neste caso, a principal dica é: selecione bem o seu mentor!
Quando tiver escolhido um bom mentor, faça uma pesquisa, converse com quem ele já mentora, busque cases produzidos por ele. Procure por depoimentos na internet e redes sociais e veja se realmente ele pode te ajudar, de forma prática, em seu projeto.

4 – Como acelerar negócios digitais? Ou seja, como fazer sua empresa ‘analógica’ se tornar referência e vender bem pela Internet e por redes sociais?
O primeiro passo é fazer uma análise e entender como está a sua presença online (sites, blogs, redes sociais, etc.) e fazer os ajustes necessários, com o intuito de atingir os resultados pretendidos.
Já, o segundo passo é trabalhar a construção da sua autoridade. Mostrar o motivo das pessoas poderem confiar no que você está entregando para elas. Além de uma ação importante, esta é uma boa estratégia de inbound marketing. Outro fator importante é conhecer bem a sua audiência – e isso deve ser feito com a construção de um mapa de avatar detalhado, com o qual você deverá levantar as dores e desejos que tem. Os comportamentos são capazes de gerar informações para que qualquer pessoa possa criar uma comunicação direcionada aos avatares (públicos-alvo) e, com isso, se aproximar ainda mais de sua audiência.
O terceiro passo é criar uma estratégia para transformar audiência em leads; e leads em clientes. Aqui, podemos usar diversas técnicas para isso, tais como: páginas de captura, automação de e-mails, anúncios, carta de vendas, páginas de vendas, iscas digitais, entre outras.
Por fim, o quarto e último passo é gerar métrica para cada ação e buscar melhorias em cada ponto. Desta forma você e ou seus negócios poderão ter um crescimento exponencial.

5 – Das redes sociais, quais são as que os empreendedores não podem ficar de fora?
Daquelas que o seu cliente está presente, muitos profissionais dizem que tem que ter no mínimo uma presença no Facebook. Já eu discordo! E afirmo que você precisa estar onde o seu cliente está, e ter mais presença na rede onde ele engaja mais com você!

6 – Quais ferramentas gratuitas pode indicar para que os empreendedores possam começar essa aceleração, antes de chegar na mentoria?
Existe uma infinidade de ferramentas na internet, e muitas com versões gratuitas. Mas eu sempre indico que utilizem as versões pagas, pois são estas que trarão mais resultados para o seu negócio e um crescimento exponencial. Abaixo, seguem algumas dicas:
MailChimp – e-mail marketing na versão gratuita
Mautic – Automação de e-mails
Google Analytics – Monitoramento de acessos ao site e comportamento da audiência
Redes Sociais
Wordpress – Blogs e sites
Instamizer – Postagens no instagram

7 – Qual é o perfil do Programa Mentes Pró 2.0? E como empreendedores e consultores podem utilizá-la para acelerar suas empresas e consultorias?
O “Mentes Pró 2.0” busca empreendedores que queiram utilizar o universo digital para acelerar negócios. No programa o mentorado terá acesso às estratégias de vendas online – já aplicadas e validadas – além de apoio e direcionamento na modelagem do business e na postura empreendedora.



Publicidade