Cooperativas se tornam alternativa de renda para mães chefes de família

Publicado em: 14 outubro - 2021

Leia todas


ONG criou cooperativas para que mulheres mães e chefes de família se tornassem protagonistas de suas próprias histórias em Recife

O cenário de desigualdade potencializado com a pandemia da Covid-19 foi o motor necessário para que mulheres mães e chefes de família se tornassem protagonistas de duas cooperativas em Recife (PE), como resultado do projeto “Telhado Eco Produtivo”, da ONG Comunidade dos Pequenos Profetas, localizada no bairro de São José. Criadas no início do ano, hoje as cooperativas garantem renda a 40 famílias pobres da capital pernambucana.

As cooperativas “Mãos Talentosas” e “As Minhoqueiras” surgiram após uma campanha no final do ano de 2020 com o objetivo de arrecadar alimentos para 700 famílias da capital. No entanto, a equipe da ONG percebeu que apenas as doações não seriam o suficiente. Desta forma, os projetos vieram para ajudar financeiramente mulheres que são mães de crianças atendidas na instituição e que moram nas comunidades do Coque, Joana Bezerra, Roque 2, Roque 3 e Avenida Sul.

Por meio das cooperativas, as mulheres agora produzem composteiras domésticas e vasos artísticos. Cada vaso, produzido pela cooperativa “Mãos Talentosas”, custa R$ 50, se vazio; e R$ 70, se for adquirido já com uma muda de planta.

As “Minhoqueiras”, por outro lado, produzem composteiras e trabalham tanto em casa como na sede da ONG, no bairro de São José. Cada um dos recipientes contém três vasilhames reaproveitados e customizados para compor a decoração. A composteira custa R$ 130 e vem com 100 minhocas, um litro de biofertilizante, folheto explicativo e suporte via WhatsApp. A renda obtida com a venda é revertida para cada participante que produz as composteiras.

Toda a formação é feita em um curso para aprendizado que dura duas horas e pode ser feito na própria instituição.


Fonte: ECOA/UOL


Notícias Relacionadas:



Publicidade