Redução de tarifas de Cooperativas gaúchas é aprovada pela Aneel

Publicado em: 30 junho - 2016

Leia todas


aneel_enegiaCom validade a partir de 30 de junho, a Aneel autorizou três cooperativas permissionárias de energia elétrica do Rio Grande do Sul a reduzirem a tarifa: Cooperativa de Distribuição de Energia (Creluz-D), Cooperativa Distribuidora de Energia Fronteira Noroeste (Cooperluz) e Cooperativa Regional de Eletrificação Rural do Alto Uruguai (Creral).

O cálculo do índice de reajuste leva em consideração a variação de custos da permissionária no decorrer do período de referência. A fórmula de cálculo inclui custos típicos da atividade de distribuição e outros custos como energia comprada de geradoras, encargos de transmissão e encargos setoriais. A aplicação do reajuste anual e da revisão tarifária está prevista nos contratos de permissão assinados entre as cooperativas e o Governo federal,
por meio da Aneel.

 

Os índices homologados pela Agência são os limites
a serem praticados pelas cooperativas:

CRELUZ-D
localização: RS
unidades consumidoras: 22 mil
efeito médio: -7,95% (negativo)
baixa tensão: -7,85% (negativo)
alta tensão: -8,39% (negativo)

COOPERLUZ
localização: RS
número de unidades: 15 mil
efeito médio: -5,65% (negativo)
baixa tensão: -5,69% (negativo)
alta tensão: -5,18% (negativo)

CRERAL
localização: RS
número de unidades: 7 mil
efeito médio: -9,92% (negativo)
baixa tensão: -8,85% (negativo)
alta tensão: -10,99% (negativo).