Sistema Ocemg inaugura primeiras usinas fotovoltaicas do Programa MinasCoop Energia

Publicado em: 03 novembro - 2021

Leia todas


O Sistema Ocemg inaugurou, no dia 29 de outubro, duas das três micro usinas fotovoltaicas do Programa de Energia Fotovoltaica do Cooperativismo (MinasCoop Energia), localizadas em Cristália, no Norte de Minas. A terceira está sendo finalizada e fica em Botumirim, a cerca de 40 km do município.

Em um evento no local onde funcionará uma das estações, o presidente do Sistema Ocemg, Ronaldo Scucato e membros do Comitê Gestor da iniciativa receberam autoridades do município e do Governo do Estado, assim como moradores e parceiros da cidade na realização da obra.

Na sua fala, Scucato frisou a emoção de ver este programa sendo colocado em prática. “Deus me deu uma longa vida para que pudesse chegar até aqui, em Cristália, e ver esta meta do cooperativismo ser atingida nesta cidade, que é mostrar para a sociedade que as cooperativas estão no mercado fazendo negócios, mas sempre preocupadas com as pessoas e com a sustentabilidade”, disse.

O superintendente do Sistema Ocemg e coordenador do Comitê Gestor do programa, Alexandre Gatti Lages, divulgou os dados técnicos sobre o projeto, explicando que a organização pagará, mensalmente, R$ 600,00 para os proprietários dos terrenos onde estão alocadas as usinas, gerando uma renda extra para estas famílias. E complementou: “a energia gerada irá suprir as necessidades da nossa sede, do nosso Centro de Treinamento e vamos doar parte para a Santa Casa de Belo Horizonte. É uma iniciativa que já conta com mais de 30 cooperativas participantes em todo o Estado e cada uma escolhendo quais entidades serão beneficiadas. Ou seja, é o cooperativismo trazendo uma transformação social por meio do MinasCoop Energia”.

“Fiquei muito grato com a construção da usina aqui na comunidade, porque gerou muito serviço para as pessoas, para quem precisava. E, para mim, gerou uma renda mais para pagar a conta de luz ou de água. Tudo que vem é muito bom para nós”, explicou Porfírio Rodrigues, produtor rural e proprietário da terra onde foi construída a usina inaugurada.

Representando o governador do Estado no evento, a subsecretária de Promoção de Investimentos e Cadeias Produtivas da Sede/MG, Kathleen Garcia, afirmou que “temos aqui um exemplo ímpar do que o cooperativismo pode realizar. Com estas instalações das usinas, que o MinasCoop Energia está fazendo em todo o Estado em parceria com as cooperativas, é possível trazer grandes mudanças na vida do mineiro. São pequenas ações que podem transformar aquela região”, disse, complementando sobre a importância da geração de energia limpa e o acordo de cooperação que o Sistema Ocemg firmou com o Governo de Minas, dando capilaridade às demais ações do Estado no sentido de incentivar a geração de energia limpa.

“Vemos esta iniciativa da Ocemg com muito bons olhos. Ela tem um caráter de pioneirismo, buscando a auto sustentabilidade do consumo de energia da organização, com finalidade filantrópica também. Além de ser lotada exatamente no solo da agricultura familiar, não chegando a competir com a atividade, pois ocupa uma área pequena da propriedade, mas vai gerar rendimentos para o proprietário”, salientou o subsecretário de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural Sustentável da Seapa/MG, Ricardo Demicheli, também representante do governo estadual na inauguração.

O prefeito de Cristália, Jairo Júnior, falou também sobre sua satisfação pela cidade receber o projeto, que está trazendo muitos benefícios em termos de sustentabilidade, mas, principalmente, na economia local.

Sobre o Programa

O MinasCoop Energia foca na geração de energia autossuficiente, tendo como diferencial o cuidado no âmbito social, inerente aos valores e princípios do cooperativismo. Assim, o programa consiste no incentivo às cooperativas para a construção de usinas fotovoltaicas a fim de suprir a demanda de energia de suas unidades, com doação de parte dessa energia a entidades filantrópicas de saúde em todo o Estado.

Ao todo, o Sistema Ocemg realizará um investimento em torno de R$ 1.540.000,00 para viabilização e construção das usinas fotovoltaicas que serão geradoras da energia para sua sede e seu centro de treinamento, localizados em Belo Horizonte, bem como com a doação de parte desta energia para a Santa Casa de Misericórdia de BH.

A estimativa é de que a organização tenha um retorno deste valor em até cinco anos. Para fazer chegar a este número, o Comitê Gestor do programa considerou a economia com as contas de energia e a geração de créditos de carbono, que representam um mercado de créditos originados a partir da não emissão de gases que causam o efeito estufa, podendo ser comercializados. Na sede do Sistema Ocemg, por exemplo, o custo mensal da energia é de R$ 22 mil, mas em algumas cooperativas a conta pode chegar a R$ 100 mil

Na capital mineira, o Sistema Ocemg tem como parceiros a Cooperativa Central dos Produtores Rurais (CCPR) e o Sicoob Credicom, que também doarão uma parte da produção da energia produzida por suas usinas de energia fotovoltaica para a Santa Casa de Misericórdia de BH.


Fonte: Sistema Ocemg


Notícias Relacionadas:



Publicidade