Dia do Cooperativismo: união para a restauração

Publicado em: 07 julho - 2021

Leia todas


Em mais um Dia de Cooperar, cooperativas do país todo se unem para dar o próximo passo rumo ao mundo pós-pandemia

“Reconstruir melhor juntos”. Após mais de um ano após o início da pandemia da Covid-19, o tema escolhido pela Aliança Cooperativa Internacional (ACI) se mostra mais adequado do que nunca. Afinal, após tantos desafios e perdas, é chegada a hora de dar o próximo passo, apoiados pelo sinal de esperança trazido pelo processo de vacinação, e a solidariedade de milhares de pessoas no Brasil e no mundo.

Proclamado pela ONU em 1995, o Dia Internacional do Cooperativismo é a celebração anual do trabalho de milhões de cooperados do mundo todo que, em momentos adversos ou não, seguem comprometidos com os sete princípios do cooperativismo. No Brasil, essa comemoração toma a forma do Dia de Cooperar, ou simplesmente Dia C.

Comemorado sempre no primeiro sábado de julho, neste ano o Dia C aconteceu no último dia 3 de julho, e celebrou o trabalho de cooperativas do Brasil todo, que mesmo diante da pandemia que ainda traz números altos, não pararam de realizar ações de responsabilidade socioambiental. Mesmo com esse dia marcando as comemorações, as ações do Dia de Cooperar acontecem 365 dias por ano, mostrando que o cooperativismo não para quando a missão é garantir o bem-estar da vida humana.

O ato inicial dessa grande comemoração aconteceu na última quinta, 1 de julho. Em uma live com representantes do Sistema OCB, foram destacados os trabalhos exercidos pelos cooperados, e que garantiram a continuidade do oferecimento de serviços e produtos mesmo no cenário pandêmico em que vivemos. Durante a live, Márcio Lopes de Freitas, presidente do Sistema OCB, ressaltou as atividades realizadas até então. “Só neste ano, o sistema do Dia C já recebeu a inscrição de quase 1,3 mil iniciativas, que beneficiam mais de 130 mil pessoas. Ah, e vale destacar que essas ações envolvem o trabalho voluntário de quase 1,4 mil pessoas. E a gente sabe também que as cooperativas estão muito comprometidas com suas comunidades e que, ao longo de todo o segundo semestre, as ações em prol das pessoas tendem a aumentar, por isso, esses números parciais são bons indicadores de que é possível alcançar o sucesso dos números do ano passado e, quem sabe, ir além, transformar mais”, afirmou.

Uma grande celebração

Com a pandemia ainda em andamento, mais uma vez as comemorações do Dia C foram realizadas de forma online. Promovida pelo Sistema Ocepar, a live ocorrida no último sábado foi um show de entretenimento e solidariedade. A programação, que contou com apresentações culturais e falas de líderes cooperativistas, destacou as diversas ações realizadas pelo país, que arrecadaram alimentos, produtos de higiene pessoal e outros.

Desta vez, a tecnologia deu uma mãozinha na hora de celebrar o trabalho cooperativo deste ano, e os participantes contaram com um ambiente completamente virtual e imersivo. No site, o participante pode navegar pelo palco virtual, além de ter acesso à Expo PRCoop, uma exposição com mais de 40 estandes, mostrando as atividades que as cooperativas realizaram nos últimos meses.

Intercooperação: a solidariedade domina o país

Com novas ações sendo contabilizadas a cada dia, o Dia de Cooperar 2021 contou mais uma vez com a garantia de que milhares ao redor do país tiraram um pouco de seu tempo para ajudar o próximo. Foram diversas ações em várias cidades, e que continuarão até o final do ano.

No Paraná, 221 cooperativas inscreveram projetos no Dia C e juntas, totalizaram mais de 451 ações solidárias. Neste ano, as cooperativas foram incentivas a aderir ao programa Agro Fraterno, movimento liderado pelo setor agro e que busca a arrecadação de alimentos. Segundo Leonardo Boesche, superintendente do Sescoop/PR, até a semana do evento, foram registradas mais de 90 toneladas de alimentos doados por cooperativas paranaenses. Tal cifra, é importante ressaltar, só é possível devido a um movimento de todo o setor cooperativista, que une cooperativas de todos os ramos em prol de um objetivo único.

Em Goiás, as comemorações do Dia C contaram com a presença do campeão olímpico Tande, que destacou o papel e a importância da cooperação em sua trajetória. No estado, cooperativas arrecadaram mais de 25 mil cestas básicas, que serão distribuídas para famílias em situação de vulnerabilidade social. Assim, apenas em Goiás, o Dia C mobilizou mais de 1,5 mil voluntários, e contou com a participação de 58 cooperativas, em 97 munícipios. Ao final do dia, foram contabilizadas ao menos 459 toneladas de alimentos arrecadados e doados.

Outras ações também foram realizadas pelo país, mobilizando milhares de pessoas na busca pela arrecadação de alimentos, algo imprescindível em um momento onde o país vê os números da fome aumentarem. Junto com outras cooperativas na cidade de Medianeira (PR), o Sicoob Três Fronteiras conseguiu arrecadar 25 toneladas de alimentos, que agora serão distribuídos para as famílias cadastradas pelo Centro de Referência da Assistência Social (Cras). Ainda nesta ação, voluntários confeccionaram máscaras, que foram doadas junto às cestas. Em Cascavel, cooperativas se juntaram para doar mais de 17 mil itens, que incluíram alimentos não perecíveis, materiais de higiene e limpeza.

O próximo passo

Mesmo com o encerramento do Dia C, as ações das cooperativas continuam por todo o ano. Serão ainda milhares de doações, ações socioambientais e de prestação de serviço. Como uma materialização do tema escolhido pela ACI, as cooperativas continuam a tomar medidas para exercer o sétimo princípio do cooperativismo: o interesse pela comunidade. Diante do início de uma nova fase para a vida de todos, é chegada a hora de colocar em prática a cooperação em todos os aspectos, de forma a tornar esse novo mundo mais igualitário e com menos desigualdades. Assim, apenas juntos, é que vamos reconstruir juntos um mundo que seja bom para todos.


Por Leonardo César – Matéria publicada na Revista MundoCoop, edição 100



Publicidade