Casa do Cooperativismo Paulista recebe diretor da ONU

Publicado em: 14 março - 2017

Leia todas


Em 7 de março, a sede do Sistema Ocesp recebeu o Diretor de Assuntos Sociais da ONU, Maxwell Haywood, para a palestra “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) sob a Perspectiva do Setor Cooperativista”, que fez parte do evento promovido pelo Sescoop/SP, Painel de Desenvolvimento Sustentável: Cooperativas e ONU pela Transformação do Mundo. O evento teve como objetivo explicar, para cooperados, colaboradores de cooperativas e convidados, sobre os Objetivos de Desenvolvimento da ONU (ODS) e de que forma eles podem estar presentes nas ações do Dia C 2017.

O superintendente de Marketing do Sescoop/SP, Nelson Claro, representou o presidente Edivaldo Del Grande durante a abertura do evento. “Hoje, nós vamos falar sobre o cooperativismo, sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, e sobre como, de certa forma, eles estão ligados às cooperativas e como nós poderemos ajudar neste processo”, declarou. A abertura contou também com a participação do Dr. Américo Utumi, assessor especial da presidência e importante nome do cooperativismo paulista.

A coordenadora do Núcleo de Projetos Culturais do Sescoop/SP, Sueli Gonçalves, foi responsável por guiar as diversas apresentações do dia e aproveitou a abertura para agradecer aos espectadores, em especial os colaboradores das 14 unidades estaduais do Sescoop que estiveram presentes: Distrito Federal, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Pernambuco, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Piauí, Sergipe, Amazonas, Rondônia e Paraná. “Estamos honrados com a presença das unidades estaduais. É sempre muito bom recebe-los aqui em nossa casa”.

No momento mais esperado do evento, a palestra de Maxwell Haywood, o diretor explicou sobre os ODS, dividindo-os por tema – sociais, econômicos e ambientais – e aproveitou para reforçar a importância do cooperativismo na realização das metas da ONU. “Os ODS possuem uma doutrina muito semelhante à filosofia do movimento cooperativista. A parte principal dessa filosofia é que ninguém deve ser deixado para trás. O mais pobre dos pobres, o mais vulnerável, deve receber prioridade”, ressaltou.

Haywood detalhou alguns dos ODS, relacionando-os à realidade brasileira. “O ODS número um é a erradicação da pobreza e isso significa que, até 2030, o Brasil tem que diminuir pelo menos à metade o número de pessoas que vive em situação de pobreza no País. É isso que os governantes de todo o mundo, inclusive os do Brasil, assinaram”.

O evento contou ainda com apresentações do gerente de Promoção Social do Sescoop/SP, Mario Cesar Ralise, que abordou as atividades realizadas pelo departamento; da gerente de Desenvolvimento Social do Sescoop Nacional, Geâne Ferreira, que fez um panorama sobre o Dia C e mostrou as novidades da campanha em 2017; dos analistas de Promoção Social, Paulo Belchior e Silvia Nascimento, responsáveis pelo Dia C 2017 em São Paulo; e da vereadora Aline Cardoso.



Publicidade