Cocari inaugura entreposto em Silvânia, somando nove unidades na Divisão Cerrado

Publicado em: 16 junho - 2016

Leia todas


image003


A Cocari – Cooperativa Agropecuária e Industrial inaugurou oficialmente mais uma unidade em Goiás, na cidade de Silvânia. A cidade e região contam agora com um entreposto completo, com ponto de atendimento, loja, silo e elevador de carga, com capacidade estática de recebimento de 400 mil sacas de grãos, podendo chegar a um giro de 1 milhão e 200 mil sacas recebidas. Os investimentos na estrutura foram de, aproximadamente, 20 milhões de reais.

A unidade de Silvânia vai atender aos produtores de municípios da região, como: Gameleira de Goiás, Orizona, Vianópolis e São Miguel do Passa Quatro. De acordo com o gerente da Divisão Cerrado, Ronaldo Lopes Catarino, a inauguração em Silvânia é mais uma importante etapa na consolidação da cooperativa. “Favorece as demandas do agronegócio no Cerrado, fortalecendo cada vez mais o desenvolvimento do município e da região. Deixo aqui o convite aos produtores para conhecerem a unidade”, destaca Ronaldo. Já o supervisor Administrativo e Financeiro da Cocari na Divisão Cerrado, Maicom de Lima Borges, salienta que uma das grandes vantagens da nova unidade é a redução nos custos de armazenagem para os produtores, além da geração de empregos que a cooperativa fomenta.

A solenidade de inauguração da nova unidade foi realizada no dia 30 de maio, com a presença do presidente da Cocari, Vilmar Sebastião Sebold; o vice-presidente Dr. Marcos Trintinalha; o gerente da Divisão Cerrado, Ronaldo Lopes Catarino; o gerente da regional Silvânia, Cezar de Paula Junior; o superintendente executivo de Agricultura, Antônio Flávio Camilo de Lima, que representou o governador de Goiás, Marconi Ferreira Perillo Junior; representando o vice-governador de Goiás, José Eliton de Figuerêdo Júnior, o presidente do Sindicato Rural de Vianópolis e diretor da Agrodefesa, José Manoel Caixeta; o prefeito de Silvânia, José da Silva Faleiro e o representante da Câmara Municipal, Kirley Ronay Sanches.

Evolução
O vice-presidente da Cocari, Marcos Trintinalha, apresentou números que mostram a evolução da Cocari desde o retorno a Goiás, em 2009 (onde atuou na década de 1980), destacando os investimentos feitos nas unidades, a evolução da capacidade instalada para recebimento da safra e o aumento no número de empregos gerados. Em 2010, eram 81 colaboradores na Divisão Cerrado. Atualmente, são 220 empregos diretos. A unidade de Silvânia é a nona inaugurada pela cooperativa na Divisão Cerrado.

Trintinalha apontou também os eventos promovidos pela Cocari voltados à difusão de tecnologia e ao fortalecimento do quadro social, reunindo famílias de produtores cooperados. Ele enfatizou que o município traz importantes oportunidades tanto para a cooperativa quanto para os produtores. “Queremos estar cada vez mais próximos dos produtores, oferecendo o suporte necessário desde a orientação técnica, para que possam produzir e comercializar a safra”, relata.

No encerramento da cerimônia, Vilmar Sebold, presidente da Cocari, reforçou a importância do trabalho em equipe para que juntos alcancem os resultados desejados e destacou os investimentos feitos naquela região. “Primeiro, nós acreditamos em Silvânia, visto que foram R$ 20 milhões em investimentos, agora temos a oportunidade maior para continuarmos conhecendo os produtores e para que eles nos conheçam. Tenho a vida dedicada ao cooperativismo, e ninguém dedica uma vida se não acreditar realmente nisso”, explica.

Na ocasião, o presidente frisou também as grandes parcerias que a cooperativa firmou durante sua trajetória de progresso. “A Cocari é uma cooperativa com 54 anos de atuação, sendo que até 1975 era de café e depois se diversificou. Porém, ao longo da história, nunca deixamos de pagar um fornecedor, produtor ou colaborador. Acredito que o crédito se faz com a história, você vai conquistar crédito de acordo com o que conduz. E o respeito e a transparência é o que nós temos em nossos relacionamentos”, finaliza.



Publicidade