Cooperativas paranaenses transportaram 12,9 milhões de toneladas de cargas em 2020

Publicado em: 23 março - 2021

Leia todas


As cooperativas paranaenses do ramo transporte registraram faturamento de R$ 407.712.536,00 em 2020, um aumento de 17% relação a 2020, com 99,7% desse total proveniente do transporte de cargas. A quantidade transportada no ano passado pelo segmento foi de 12,9 milhões de toneladas, 0,5% superior ao do ano anterior, sendo que 74% desse volume foi de grãos. Em cinco anos, a variação acumulada do faturamento atingiu 21,8%. E é da região sudoeste do Estado que vem o maior percentual das receitas do ramo: 44%. Os dados constam no levantamento feito pela Coordenação de Monitoramento do Sistema Ocepar, com base no cenário consolidado de 2020.

Mais números – No Paraná, o ano passado foi encerrado com 35 cooperativas de transporte registradas na entidade, entre as quais, uma de transporte turístico; uma de transporte portuário; duas de transporte de papel; duas de transporte de madeira; três de transporte de congelados; uma de transporte individual de passageiros; duas de transporte internacional; 20 de transporte de grãos e cereais; duas de cargas em geral e uma de transporte aquaviário. A frota estava constituída de 3.702 veículos: 2.931 de transporte de cargas e 771 de transporte de passageiros. O ramo possuía ainda 165 funcionários em 2020, aumento de 2,5% no quadro laboral em relação a 2019, e 3.759 cooperados, volume 1,8% superior ao de 2019, composto por 12,58% de pessoas jurídicas e 87,42% de pessoas físicas, entre as quais 88% homens e 12% mulheres.

Riqueza adicional – “A riqueza adicional, mensurada pela Demonstração de Valor Adicionado (DVA), gerada pelo ramo somou R$ 23,2 milhões, montante 39% superior a 2019, distribuído da seguinte forma: 40,5% para o quadro laboral, 7% para o governo, 43,8% para o quadro social e 8,7% à remuneração de capitais de terceiros”, afirma o coordenador de monitoramento, João Gogola Neto. Ainda de acordo com ele, o resultado do ramo transporte foi positivo, sendo 86,8% superior ao do ano anterior. “O resultado gerado antes das destinações e ajustes, em 2020, foi de R$ 10.169.495. O total de ativos chegou a R$ 111.290.488, montante 37,3% superior ao de 2019. Já a margem Ebitda, que indica em percentual o quanto o segmento está gerando de recursos em suas atividades operacionais, foi de 3,1%, variação de 63,2% em relação ao ano anterior”, acrescenta Gogola. O levantamento revela ainda que o ramo transporte paranaense recolheu R$ 13,3 milhões aos cofres públicos, em impostos e contribuições em 2020, e o nível de capitalização no último ano foi de 50,2%. A tesouraria é classificada como sólida e representa 4,6% dos ativos, com volume nominal de R$ 5.119.362,46.

Clique aqui e confira na íntegra o cenário consolidado do ramo transporte no PR em 2020


Fonte: Sistema Ocepar


Notícias Relacionadas



Publicidade