Cursos do Sescoop/SP são homologados pelo Conselho Regional de Contabilidade

Publicado em: 11 novembro - 2016

Leia todas


Por meio de parceria firmada com o Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo (CRCSP), os profissionais de contabilidade das cooperativas paulistas têm agora mais um incentivo para participarem de ações de capacitação profissional.

Agora, os cursos livres oferecidos pelo Sescoop/SP, com foco na área contábil, são homologados de acordo com a Norma de Educação Profissional Continuada do CRCSP. Assim, contribuirão para o cumprimento da exigência do órgão de representação da classe profissional, visando ao aperfeiçoamento técnico e à atualização de conhecimentos.

Neste ano, a participação nos cursos oferecidos pelo Sescoop/SP para contadores e prestadores de serviços contábeis de cooperativas poderá garantir até 30,3 pontos. A partir de 2017, com oferta de cursos específicos para esse público, o objetivo é atender na totalidade a exigência de 40 pontos, conforme tabelas de pontuações constantes na Norma NBC PG 12 (R1).

De acordo com a analista de Formação Profissional do Sescoop/SP, Luciana Casarini, haverá divulgação prévia da quantidade de pontos a serem obtidos em cada curso, quando abertas as inscrições. Segundo ela, a busca pela homologação dos cursos junto ao CRC surgiu a partir de conversas com consultores externos, contratados pelo Sescoop/SP, para identificar demandas das áreas contábeis das cooperativas.

“A educação continuada é importante porque os profissionais têm que estar preparados para ajudar os dirigentes na tomada de decisão, a partir da análise da informações contábeis, de forma mais assertiva”, explica.

Sobre a Educação Continuada no CRCSP

De acordo com o CRCSP, “Educação Profissional Continuada (EPC) é a atividade formal e reconhecida pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), que visa manter, atualizar e expandir os conhecimentos e competências técnicas e profissionais, as habilidades multidisciplinares e a elevação do comportamento social, moral e ético dos profissionais da contabilidade como características indispensáveis à qualidade dos serviços prestados e ao pleno atendimento das normas que regem o exercício da profissão contábil”.



Publicidade