OCB, Frencoop e cooperativa debatem prioridades

Publicado em: 15 julho - 2021

Leia todas


As prioridades da atuação institucional da OCB, focada nas cooperativas médicas, foram a pauta de uma reunião entre o presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, a gerente geral da OCB, Tânia Zanella, e Omar Abujamra e Paulo Brustolin, presidente e superintendente da Unimed do Brasil, respectivamente.

Dentre os assuntos abordados durante a reunião estiveram o resultado do diagnóstico do Ramo Saúde, que entre outras coisas aponta como itens direcionadores da atuação da OCB, os seguintes:

  • Apresentar o cooperativismo de saúde, ao poder público, como parceiro estratégico para PPPs, concessões e outras parcerias possíveis;
  • Acompanhar e auxiliar na disseminação de todos os projetos do Sescoop;
  • Trabalhar, em conjunto com as confederações, na questão da telessaúde;
  • Difundir o acordo OCB/BNDES e trabalhar para a melhoria contínua das soluções que atendam ao Ramo Saúde;
  • Aproximar institucionalmente do CADE, da ANS e do Ministério da Saúde;
  • Realizar pesquisa com cooperativas médicas não-operadoras e com cooperativas constituídas por outros profissionais da saúde;
  • Acompanhar temas do Ramo junto aos Três Poderes;
  • Acompanhar os debates acerca da Reforma Tributária, trabalhando na defesa do modelo cooperativo de saúde;
  • Desenvolver estratégias e ações para auxiliar as cooperativas na recuperação pós-pandemia.

Frencoop

Após conhecerem um pouco mais sobre o modelo de atuação da OCB, junto aos Três Poderes, ainda, conhecerem a pauta prioritária para o segmento em 2021, os representantes da Unimed do Brasil também discutiram a pauta do setor no Congresso Nacional, numa reunião que contou com a presença dos deputados Evair de Melo (ES), presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop), e Arnaldo Jardim (SP), também integrante da Frente.

Entre os itens prioritários estão, por exemplo, assuntos ligados às operadoras de plano de saúde, à OPME, à telemedicina e à celebração de parcerias público-privadas. Além, é claro, de temas de interesse geral, como os impactos da reforma tributária, a recuperação judicial das coops, o ato cooperativo e a lei geral das cooperativas.


Fonte: Sistema OCB


Notícias Relacionadas:



Publicidade