Sescoop/SP orienta grupos interessados em formar cooperativas

Publicado em: 05 outubro - 2016

Leia todas


Quando surge um grupo de interessados em constituir uma cooperativa, entra em ação a equipe do Programa de Orientação Cooperativista (POC) do Sescoop/SP. Por meio do POC, as etapas de constituição do empreendimento são acompanhadas por consultores especializados, que visam assegurar que todo o processo esteja alinhado à legislação, aos princípios e aos valores do cooperativismo. Somente em 2015, a iniciativa atendeu mais de 800 pessoas.

Tudo começa quando um ou mais representantes do grupo interessado entram em contato com o Sescoop/SP, seja por e-mail, telefone ou pessoalmente, em busca de informações sobre os requisitos para a constituição de uma cooperativa. Nesse momento, os consultores buscam entender a necessidade dos interessados e fazem uma análise prévia do modelo de negócio proposto.

Depois desse contato inicial, se houver aderência do projeto ao modelo cooperativista e o número mínimo de pessoas exigido para a constituição, o Sescoop/SP pode realizar uma palestra de sensibilização sobre o cooperativismo para o grupo. A partir dessa etapa, por meio da assinatura de um termo de parceria, é possível avançar nas etapas de diagnóstico situacional e nas oficinas participativas. Entre elas, a oficina de plano de negócios, que tem por objetivo estudar a viabilidade econômica do projeto proposto pelo grupo.

De acordo com o consultor de Constituição e Registro do Sescoop/SP, Vlademir Oliveira, essas etapas do processo permitem aos integrantes dos grupos avaliarem se o cooperativismo é mesmo o melhor caminho para os negócios que eles pretendem desenvolver coletivamente. “A cada fase, o grupo aprende mais e consegue se desenvolver para tomar a decisão sobre aderir ou não ao modelo cooperativista”, explica.

No último encontro, após a elaboração do plano de negócios, o grupo tem acesso aos modelos de estatuto e da ata da assembleia de constituição da cooperativa. Os documentos são disponibilizados em versões comentadas e de fácil compreensão.

Para a consultora de Constituição e Registro, Paula Fracote, participar do POC pode representar custos menores para a constituição da cooperativa.
“O grupo pode evitar custos adicionais com serviços de assessoria jurídica ou contábil que nem sempre contam com profissionais especializados no cooperativismo. Ao participar do POC, há a segurança de que a cooperativa será constituída de forma idônea, dentro dos princípios, valores e leis que regem o cooperativismo”, afirma.

Mais que isso, o POC busca construir uma base sólida, para que o grupo possa se desenvolver rumo ao mercado de forma independente e autônoma, atingindo, assim, a perenidade dos negócios por meio do desenvolvimento da gestão.

Mais informações
Telefone: (11) 3146-6299
E-mail: atendimento@sescoopsp.coop.br