Unidades do Sistema OCB se preparam para 2021

Publicado em: 17 dezembro - 2020

Leia todas


Representantes das organizações estaduais da OCB debateram, nesta quarta-feira, as propostas da diretoria da instituição para 2021. A assembleia geral extraordinária ocorreu de forma digital e também serviu para antecipar a apresentação de alguns dados que serão tratados na AGO do ano que vem.

Dentre eles estão o número de eventos realizados (48, com 30,8 mil participantes) ou que tiveram a presença de representantes da OCB (181, com a 74,9 mil pessoas), impactando diretamente cerca de 105 mil brasileiros.

Além disso, também foram apresentados os números parciais da campanha de valorização do cooperativismo, cujo embaixador é o atleta que se tornou ídolo do esporte brasileiro: o tenista Gustavo Kuerten. Para se ter uma ideia do alcance da campanha, até agora, o vídeo já teve quase 1,6 milhão de visualizações no canal do SomosCoop no Youtube. (Clique aqui para assistir)

Outro dado muito relevante é o número de pessoas impactadas pela divulgação das ações do Sistema OCB, no Facebook: 14,3 milhões ficaram sabendo das iniciativas que envolveram, por exemplo, os Três Poderes da República.

Com relação ao Prêmio SomosCoop – Melhores do ano,  também houve crescimento. Foram inscritos 595 casos, envolvendo 320 cooperativas de 22 estados. E o vídeo da cerimônia de premiação já tem mais de 4,2 mil visualizações.

A tecnologia também possibilitou aumentar em 95% o número de participações nas 46 reuniões dos conselhos consultivos nacionais. Os registros mostram que 1.039 representantes de ramos debateram e decidiram as ações segmentadas para cada setor.

PRINCIPAIS CONQUISTAS NO EXECUTIVO

  • Prorrogação do Convênio nº 100;
  • Acesso ao Fungetur;
  • Plano Safra;
  • Autorização para aulas virtuais e telessaude;
  • Emissão de LCI por coops de crédito.

PRINCIPAIS CONQUISTAS NO LESGILATIVO

  • Liberação de assembléias virtuais;
  • Acesso ao Pronampe e PEAC;
  • Prorrogação da desoneração da folha;
  • Não aumento da CSLL para coops;
  • Acesso ao Fust (conectividade rural);
  • Derrubada de veto (Cosit 11);
  • Lei do Agro.
PARA O ANO QUE VEM

Em 2021 todos os esforços da OCB estarão voltados a:

  • Apoiar as coops na sua inserção em mercados;
  • Contribuir para o aperfeiçoamento do marco regulatório do setor e políticas públicas;
  • Fortalecer a representação política e institucional do cooperativismo;
  • Fortalecer a imagem do setor e do Sistema OCB;
  • Promover a inovação entre as cooperativas;
  • Disseminar conhecimentos em prol do cooperativismo;
  • Aprimorar a governança e a gestão nas unidades Nacional e estaduais;
  • Aprimorar a gestão de pessoas com foco em resultados.

Fonte: OCB



Publicidade