Ministra defende produção ambiental e socialmente sustentável em evento da cadeia de abastecimento

Publicado em: 19 junho - 2021

Leia todas


O fórum virtual discutiu temas referentes a práticas ambientais, sociais e de governança (sigla ESG, em inglês) na cadeia de abastecimento

Produzir mais com sustentabilidade ambiental e social foi apresentado como o grande desafio do setor agropecuário pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, durante o 1º Fórum da Cadeia Nacional de Abastecimento. Realizado pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras), nesta quinta-feira (17), o fórum virtual discutiu temas referentes a práticas ambientais, sociais e de governança (sigla ESG, em inglês) na cadeia de abastecimento.

“A agricultura brasileira, em sua grande parte, é sustentável. Temos no Brasil uma agricultura diferente do restante do mundo, somos um dos pouco países que consegue produzir duas vezes na mesma área, até três com irrigação. Temos o desafio de continuar a produzir cada vez mais, mas de maneira sustentável, alimentando a população brasileira e exportando o excedente”, declarou a ministra.

A produção nacional é responsável pela alimentação de 212 milhões de brasileiros e tem na agricultura familiar parcela expressiva do atendimento ao mercado interno. “É preciso ampliar a participação dos pequenos e médios produtores na principal cadeia de abastecimento para que cheguem com mais eficiência aos pontos de comercialização, gerando renda e emprego a essas famílias”, frisou Tereza Cristina.

Segundo a ministra, a questão da rastreabilidade é outro ponto central nas entregas da agropecuária brasileira, já que os consumidores estão cada vez mais atentos ao caminho que o alimento percorreu até chegar à mesa e como ele foi produzido, levando em consideração critérios de sanidade animal e vegetal e qualidade (inocuidade) em conformidade com o que o mundo exige.

Em relação ao fato de parcela da população ainda viver em situação de insegurança alimentar, os participantes destacaram que deve ser encarado de forma coordenada entre as diversas áreas do Governo Federal o problema do desperdício de alimentos. Neste cenário, a ministra defendeu a criação de um grupo para discutir o assunto e conectar ações para melhorar a entrega de alimentos à toda população.

Ainda participaram das discussões representantes da cadeia de abastecimento e autoridades do Governo Federal, como os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Cidadania, João Roma.


Fonte: MAPA


Notícias Relacionadas:



Publicidade