Partiu Coop: iniciativa mira capacitação de profissionais para cooperativas

Publicado em: 23 março - 2021

Leia todas


Na contramão do fechamento de agências bancárias, cooperativas crescem durante a pandemia, mas esbarram na carência de perfis qualificados para preencher vagas

As cooperativas despontaram durante a pandemia como porta de acesso ao crédito para milhares de brasileiros. Segundo o Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC), foram responsáveis por 31% do total das concessões de empréstimos a pequenos negócios em 2020.

Com o mercado aquecido, instituições como Sicoob e Sicredi ampliaram a presença física (juntas abriram 347 pontos de atendimento no último ano), e agora correm para capacitar seus associados e prospectar talentos preparados para lidar com a nova demanda. E é aqui que existe um nó na visão do CEO do Grupo EMB, o economista Fabio Louzada.

“A questão é que quando falamos em capacitação de profissionais para o mercado financeiro, as iniciativas são em sua maioria voltadas para bancos e corretoras. As cooperativas de crédito têm demandas específicas e existe uma escassez de programas de formação que preparem profissionais para a dinâmica de trabalho nessas instituições”, conta o empresário.

Louzada foi convocado pelo Sicredi para realizar um programa de treinamento personalizado para associados no segundo semestre de 2020. Durante a imersão, escutou as dores da instituição e dos profissionais e com base na experiência estruturou o Partiu Coop .

O Partiu Coop é uma iniciativa do Grupo EMB que visa capacitar e certificar profissionais do setor, além de ampliar o olhar do público para as oportunidades de carreira existentes nas cooperativas de créditos. “Queremos ser impulsionadores das cooperativas e escolhemos benchmarks do mercado para ser os porta-vozes dessa mensagem”, explica Fabio Louzada.

Entre os nomes que serão embaixadores do projeto estão Lizziane Rebeque e Vanessa Elesbão de Souza, do Sicredi, e Laysla Cristtine Costa, do Sicoob, especialistas no modelo cooperativista e que conhecem não só o que as instituições esperam de seus associados, mas também as principais dúvidas da população sobre as similaridades e diferenças no comparativo com bancos.

“O Partiu Coop vai aproximar e disseminar o cooperativismo mesmo em um momento de incertezas e insegurança como o que estamos vivendo, será algo enriquecedor. Vamos colocar em prática o 5º princípio do cooperativismo que é levar educação e informação sobre a natureza e as vantagens da cooperação”, declara Laysla Cristtine Costa.

Lizziane reforça também a importância do networking que será proporcionado pelo projeto para quem busca oportunidades no setor. “Seremos porta-vozes do cooperativismo de crédito, levando conhecimento e interagindo com aqueles que desejam fazer parte de uma cooperativa ou mesmo se associar como cooperado”.

O Partiu Coop é uma iniciativa inédita no Brasil e deve anunciar nas próximas semanas as atividades com foco em capacitação. Por enquanto, o público pode interagir com o projeto e conhecer mais sobre as cooperativas de crédito por meio dos conteúdos publicados no Instagram @partiucoop.


Fonte: Segs


Notícias Relacionadas:



Publicidade