Biblioteca móvel da Sicredi Pioneira RS se torna autossustentável

Publicado em: 09 março - 2021

Leia todas


Com o propósito de incentivar a leitura para crianças e adolescentes, a Abelhuda, biblioteca móvel que integra as iniciativas do Programa União Faz a Vida da Sicredi Pioneira RS, está de cara nova.

Em atividade desde 2011, o veículo que já passou por diferentes mudanças, recebeu recentemente mais uma melhoria significativa. Na última manutenção, a Abelhuda ganhou a instalação de placas solares e agora pode ser considerada uma biblioteca móvel autossustentável. Além das placas, o veículo também foi equipado com um toldo elétrico e uma nova adesivagem.

Para a assessora de Programas Sociais da Sicredi Pioneira RS, Bianca Hennemann, é muito importante educar pelo exemplo e por isso essa transformação do veículo deve somar com o trabalho já desempenhado pelo Programa e pela Abelhuda.

“A gente educa muito pelo exemplo. Mostrar que os veículos também podem prezar pela questão da sustentabilidade e oferecer essa fonte renovável que é a energia solar é uma prática importantíssima. Vamos usar essas placas para subsidiar o próprio veículo, a parte elétrica – interna dele. É algo que certamente vai despertar o interesse das crianças, vão perguntar ‘o que é, como funciona’. Assim, vamos promover o aprendizado e mostrar que existem outras fontes de energia além da tradicional”, afirma Bianca.

Desde o início da pandemia, a Abelhuda não tem visitado as escolas, mas os alunos das instituições parceiras do União Faz a Vida continuam recebendo assistência. O monitor pedagógico Daniel Stein tem gravado vídeos e enviado para os alunos. Alguns com contação de histórias, inclusive disponíveis no canal da Sicredi Pioneira no YouTube.

Mais do que um incentivo à leitura, a Abelhuda também estimula o diálogo, a solidariedade, a partilha de documentos em comum, por meio do empréstimo de livros, e à arte de maneira geral, sendo a música uma das portas principais. Atualmente, o veículo está equipado com cerca de 1.000 títulos, desde a educação infantil até o ensino médio. Desde 2016, ano em que a Abelhuda deixou de operar em uma kombi e passou a atuar em uma van, foram realizadas 768 visitas, número que representa um impacto positivo na rotina de aproximadamente 1.171 crianças e adolescentes.


Fonte: Sistema Ocergs Sescoop/RS


Notícias Relacionadas:



Publicidade