Central Nacional Unimed arrecada mais de 15 ton de alimentos em ação de estímulo à prática de exercícios físicos

Publicado em: 10 março - 2021

Leia todas


O ano de 2020 foi marcado por muitos desafios em função da chegada da Covid-19 em nossas vidas. Foi preciso se afastar fisicamente das pessoas, redobrar cuidados e deixar de realizar atividades rotineiras do dia a dia. E até mesmo ações solidárias precisaram ser reinventadas. Pensando nisso, a Central Nacional Unimed (CNU) conseguiu aliar saúde e bem-estar social com a campanha “Doe Passos”, que fez parte do projeto “Passos pela saúde e solidariedade”, que incentivou a prática de atividades físicas e, ao mesmo tempo, contribuiu com os mais necessitados, arrecadando 15,8 toneladas de alimentos para famílias em situação de vulnerabilidade social – atendidas por instituições parceiras nas cidades de Brasília (DF); Ilhéus, Itabuna, Feira de Santana, Santo Antônio de Jesus e Salvador (BA); Manaus (AM); São Luís (MA); e São Paulo (SP), praças de atuação da cooperativa de saúde.

“Foi uma forma de despertar a mudança para hábitos mais saudáveis para as pessoas e, ao mesmo tempo, estimular a solidariedade em prol do bem-estar da sociedade. Essas são bandeiras que sempre levantaremos”, afirmou Alexandre Ruschi, presidente da CNU. A campanha propôs que, para qualquer pessoa que atingisse o número de 10 mil passos, o Instituto Unimed garantiria a doação de uma cesta básica. A ação teve início no mês de dezembro de 2020 e foi encerrada no mês de fevereiro.

Para participar, foi necessário baixar e se cadastrar no Google Fit, aplicativo que monitora e registra atividades físicas. Em seguida, confirmar participação pelo site da campanha e compartilhar os dados de movimentação no app. Cada participante pôde doar até 3 cestas, somando um total de 30 mil passos.

O impacto social positivo gerado pelas doações é uma forma de engajar o participante a caminhar – ou até fazer corridas – por sua própria saúde, ajudando, inclusive, a vencer o sedentarismo, além do ato de ajudar o próximo. “Uma simples caminhada ajudou a garantir um início de ano um pouco melhor para milhares de pessoas. Esse é o poder que a cooperação pode atingir”, ressaltou o executivo.


Fonte: Imprensa Central Nacional Unimed


Notícias Relacionadas



Publicidade