Confiança: Mário Lanznaster um símbolo maior do cooperativismo e da liderança

Publicado em: 18 outubro - 2020

Leia todas


Para todos nós da MundoCoop , o falecimento de Mário Lanznaster neste domingo 18/10, em Chapecó, é motivo de um forte e imenso sentimento de saudade.

Diversas atividades no mundo podem sobreviver com líderes medianos . Porém o cooperativismo é a prova de todas as provas para essa difícil cadeira na administração e na vida chamada liderança.

Mário Lanznaster é admirável. E usamos no tempo presente, pois grandes seres humanos e líderes como este da Aurora Alimentos , não morrem nunca.

Iniciou como extensionista em 1968. Já em 1974 trabalhava como assessor técnico na Coopercentral. Corajoso e inovador iniciou o programa de fomento a suinocultura, o Suicooper. Além de presidir a Aurora Alimentos desde 2007, ainda se dedicava para a sociedade toda como vice presidente para assuntos estratégicos da Federação das Indústrias de Santa Catarina.

O Sistema Aurora se notabiliza por ser uma intercooperacao de sucesso, ter um movimento na casa de R$ 21 bilhões e de competir com todas as grandes corporações internacionais, com cerca de 100 mil famílias reunidas e com a honra de não deixar gente pra trás. E isso não se faz sem a palavra algorítmica, a palavra de todas as palavras que explica onde existe sucesso na saga humana na terra: “ confiança “.

Mário lanznaster, nesta hora onde a MundoCoop está entrevistando os grandes líderes do cooperativismo brasileiro – com a série Top Coopers Agro – por onde iniciamos com Neivor Canton, vice presidente da Aurora, deixamos aqui uma mensagem que deve ser replicada para todas as novas gerações: “um grande líder não nasce pronto, mas um grande líder não morre nunca. Vida eterna admirado Mário Lanznaster”.


Equipe MundoCoop e José Luiz Tejon, membro do conselho editorial



Publicidade