Cooper forma o primeiro Núcleo Jovem do Estado

Publicado em: 22 novembro - 2016

Leia todas


noticiasmais


No dia 17 de novembro, aconteceu a formatura da primeira turma do Programa Juventude Cooperativista da Cooper. Na sequência, foi instalado o Núcleo Jovem da Cooper, o primeiro a ser oficializado em Santa Catarina. Trinta colaboradores da cooperativa participam do programa, que é uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop/SC).

O objetivo do Jovem Coop é garantir a sustentabilidade do cooperativismo e das cooperativas, por meio da disseminação da cultura cooperativista entre os jovens, aprofundando conhecimentos sobre os princípios, valores e missão deste modelo de negócio. O programa envolve cooperados, filhos de cooperados ou colaboradores de cooperativas, também com o propósito de preparar as futuras lideranças do segmento, nas comunidades em que atuam.

De acordo com o Sescoop/SC, os jovens cooperativistas representam 15,42% dos mais de um milhão de cooperados no Estado, ou seja, mais de 150 mil jovens já estão ligados ao cooperativismo catarinense.

Na Cooper, o Programa Juventude Cooperativista teve início em março e, desde então, a turma participou de 10 módulos, totalizando 138 horas de formação teórica, vivências e práticas de cooperação. Em muitos momentos, os conhecimentos e experiências dos jovens foram compartilhados com suas equipes na Cooper e até com os familiares e amigos, refletindo uma consciência destes participantes quanto ao seu papel na construção de um mundo mais igualitário.

O presidente executivo, Osnildo Maçaneiro, destacou o entusiasmo e a vontade dos jovens participantes durante o programa e manifestou sua confiança quanto ao futuro do cooperativismo nas mãos desses jovens. Também explicou que o Núcleo Jovem, assim como o Núcleo Feminino, os Comitês Educativos e os demais programas sociais e educativos da Cooper, é essencial para o fortalecimento da Organização do Quadro Social da cooperativa. “Com a instalação do Núcleo Jovem temos a certeza de que poderemos envolver ainda mais a parcela jovem da nossa sociedade, mostrando que o cooperativismo é o melhor caminho para uma economia sustentável e para um futuro de oportunidades iguais para todos”.

Já o presidente do Conselho de Administração da Cooper, Hercílio Schmitt, ressaltou que investir no jovem é investir no futuro do cooperativismo. De acordo com ele, programas como o Jovem Coop são essenciais para despertar o empreendedorismo e o protagonismo juvenil que a sociedade espera das futuras gerações de líderes. “A partir de hoje, seu papel e seu desafio como Núcleo Jovem é espalhar na sociedade a cultura e a vivência que vocês já possuem sobre o cooperativismo, tornando-se modelo e exemplo de que viver ‘comunitariamente’ é bem melhor, pois nos fortalece para alcançarmos o que almejamos”, disse.

O Núcleo Jovem da Cooper terá uma agenda a partir de fevereiro, quando ocorre mais uma formação e será definido um calendário de atividades para 2017. Atualmente a Cooper é integrada por mais de 170 mil cooperados ativos e está presente com 13 filiais, nas cidades de Blumenau, Indaial, Rodeio, Ibirama e Jaraguá do Sul.