Cooperativa arrecada mais de R$ 1,5 mi em doações para famílias em vulnerabilidade e instituições

Publicado em: 28 setembro - 2021

Leia todas


A Castrolanda apresentou, nessa segunda-feira (27), os resultados da campanha Cuidar, Envolver e Amar, uma iniciativa da Cooperativa e da Associação de Funcionários (AFCC) que tem como objetivo auxiliar famílias em situação de vulnerabilidade. As arrecadações chegaram a R$ 1,5 milhão em 2021 e beneficiaram mais de 37 mil pessoas nos municípios de atuação da Cooperativa.

A campanha teve início em 2020 para engajar colaboradores, cooperados e parceiros da Castrolanda e sociedade civil para que, por meio do espírito de colaboração, contribuíssem com as pessoas que foram mais afetadas pela pandemia de Covid-19. Os recursos financeiros foram utilizados para aquisição de material hospitalar, oxigênio, cestas básicas e kits de higiene para famílias e instituições sociais.

O Supervisor de PMO da Castrolanda, Willian de Oliveira, foi um dos colaboradores que participou da campanha e destaca a importância da realização de ações para auxiliar a comunidade. “Nós, como colaboradores da Cooperativa, temos o privilégio de estar em um setor da economia que não sofreu tanto com a pandemia e entendo que podemos contribuir com as famílias mais carentes. Nem toda empresa tem esse perfil de preocupação da sociedade, tanto que os colaboradores se engajaram e doaram, por entender que a Cooperativa tem esse papel importante na sociedade onde ela atua. Então eu vejo que foi uma atuação excelente da Castrolanda”.

Entregas

As entregas da campanha Cuidar, Envolver e Amar foram realizadas mensalmente por colaboradores da Cooperativa em parceria com a Associação dos Veteranos do 5º Esquadrão de Cavalaria Mecanizada e atenderam os municípios de Castro, Piraí do Sul, Ventania, Ponta Grossa, Itaberá, Itararé, Itapeva e Itapetininga.

O Hospital da Cruz Vermelha de Castro recebeu, entre as doações, dois respiradores e um novo tanque de oxigênio, como conta a Diretora Administrativa da instituição, Eliana Reynaldo. “A nossa UTI era para 10 leitos. Com a doação dos respiradores, conseguimos aumentar para 12 leitos.

Na metade da campanha, tivemos um problema muito sério com oxigênio, um consumo muito alto, porque todos os pacientes de Covid utilizam oxigênio e o nosso tanque era muito menor. A Castrolanda nos doou um tanque o dobro do tamanho que nós tínhamos antes, isso foi fundamental para o nosso trabalho”.

Para o Hospital Universitário da Universidade Estadual de Ponta Grossa (HU-UEPG), as doações foram de mais de 3.400 itens, entre luvas, máscaras, tocas, oxímetros e equipamentos de proteção individual. “Recebemos com muita alegria as doações, que nos ajudaram muito. Se a Cooperativa voltou os olhos para nós, enquanto instituição pública, e reconheceu o nosso trabalho como efetivo, a ponto de nos trazer uma doação, entendemos como reconhecimento, e é extremamente motivacional para o nosso cotidiano”, afirma a Chefe da Assistência Social do HU-UEPG, Inês Chuy Lopes.

Princípios do cooperativismo

O Presidente da Castrolanda, Willem Berend Bouwman, agradeceu a todos os envolvidos na campanha. “Cuidar, Envolver e Amar foi uma grande campanha. Agradecemos a todos que participaram de alguma maneira. Com a atuação dos nossos colaboradores, cooperados e parceiros, reforçamos os princípios do cooperativismo, principalmente o interesse pelas comunidades em que atuamos”.

Parceiros

Além dos colaboradores e cooperados, também foram fundamentais para a campanha as empresas parceiras Sicredi, Coonagro, BASF, Alegra, Unimed, Lagoa Bonita Sementes, Brasil Borges, Pigatto Monteiro Schuster e Associação dos Veteranos do 5º Esquadrão de Cavalaria Mecanizada.


Fonte: Comunicação Castrolanda


Notícias Relacionadas:



Publicidade