Cooperativa fatura R$ 351 milhões e amplia empregos diretos

Publicado em: 17 abril - 2021

Leia todas


Apesar das dificuldades impostas pela pandemia da Covid-19, a Cooperativa Majestade fechou o ano de 2020 com balanço positivo e quebra de recordes. Com sede no município de Sananduva, na região Noroeste do Rio Grande do Sul, a Cooperativa registrou aumento de 24,8% no faturamento em 2020, alcançando a marca de R$ 351 milhões. Aliado ao bom desempenho financeiro, a Majestade gerou também 55 novos empregos diretos em Sananduva, atingindo 723 trabalhadores diretos.

A produção de suínos entre os associados criadores gerou uma receita superior a R$ 30 milhões, recursos gerados na produção e que permanecem girando na economia local. Além disso, os principais índices que determinam a eficiência produtiva dos suínos no campo também tiveram uma evolução importante. Foram melhorados os índices de conversão alimentar, ganho de peso diário e o peso médio de abate dos suínos bateu recordes, com redução do tempo de alojamento. O reflexo em números se atribui a alguns fatores determinantes, como a melhoria da qualidade da nutrição, evolução da genética dos animais e, principalmente, a profissionalização e empenho dos produtores no cuidado dos animais, com a importante atuação da assistência técnica gratuita que a Cooperativa presta.

Como consequência das melhoras obtidas nos indicadores de campo na produção de suínos, os produtores de creches receberam uma majoração nos pagamentos de 13,6% a mais no comparativo do ano de 2020 em relação a 2019. A fase de terminação também teve melhoria no pagamento pela trabalho realizado pelos associados, sendo que os produtores receberam 10% a mais nos pagamentos em 2020 comparado a 2019.

Com relação ao número de animais abatidos, o crescimento de 2020 foi de 12,5%, alcançando 276,1 mil suínos abatidos. O peso médio também foi o maior da história da Cooperativa, atingindo 133,7 quilos de peso por animal abatido.

Faturamento

A ampliação e melhorias dos resultados de campo na produção dos suínos, o aumento do número de animais abatidos e o incremento no peso médio dos suínos propiciou melhoria significativa no faturamento final da Cooperativa. O faturamento bruto do frigorífico aumentou 28,5% em 2020, comparado ao exercício de 2019, e o faturamento total da Majestade registrou um crescimento de 24,8% em 2020, alcançando a marca de R$ 351 milhões.

Apesar do balanço positivo evidenciado pelos indicadores, a Majestade teve que enfrentar alguns entraves importantes para a obtenção dos resultados. A pandemia da Covid-19 exigiu grandes investimentos em protocolos e equipamentos, afastou muitas pessoas do trabalho, gerou uma queda generalizada na vendas e o crescimento descontrolados dos custos de produção dos suínos.

Apesar das dificuldades, a Cooperativa gerou 55 novas vagas de trabalho, atingindo 723 trabalhadores diretos. Além disso, também oportunizou a ampliação de terceirizados pelo incremento das atividades e para atender os protocolos de prevenção e combate à Covid-19.

Projetos a serem implementados

Dentre os projetos a serem implementados para melhoria do desempenho da Cooperativa, estão listados alguns que compõem a estratégia da Majestade: exportação, ampliação da produção de salames e demais produtos defumados, criar uma linha de carnes em pequenas porções e temperadas, fazer estudo de viabilidade de implantação de um centro de distribuição dos produtos, realização de um projeto de transferência da sala de desossa para a Linha Boa Vista, aumento da produção de suínos próprios e estudo para diversificação das atividades. Alguns desses projetos já estão em andamento na Cooperativa.


Fonte: Sistema Ocergs


Notícias Relacionadas



Publicidade