Em Portugal, programa CoopJovem recebe €$ 15 milhões

Publicado em: 10 janeiro - 2017

Leia todas


teen

 

Direcionado à promoção do empreendedorismo cooperativo português, o programa CoopJovem é administrado pela Cooperativa António Sérgio para a Economia Social (CASES) e acabou de definir orçamento global de €$ 15 milhões apoiar 2.700 jovens que não estudam nem trabalham até 2018. O objetivo é apoiar jovens no desenvolvimento de uma ideia de negócio, facilitando a criação do próprio emprego.

Segundo informações da Cases, os potenciais beneficiários são os jovens entre os 18 e os 29 anos que pretendam constituir uma nova cooperativa, que integre no mínimo três e no máximo nove cooperadores, ou que pretendam criar uma nova secção em cooperativas agrícolas já existentes, que tenha até dez trabalhadores.

O regulamento foi publicado no Diário da República de Portugal, de 5 de janeiro de 2017, e prevê a atribuição de bolsas, por um período máximo de seis meses, cujo valor varia de acordo com as habilitações. s licenciados terão uma bolsa no valor de 1,65 IAS (695,178 euros), os jovens com ensino secundário no valor de 1,30 IAS (547,716 euros) e os que têm o 9.º ano, um IAS (421,32 euros). A segunda fase de candidaturas decorre entre 22 de dezembro a 28 de fevereiro.