Instituição financeira cooperativa deve investir mais de R$ 1 bilhão e gerar 300 empregos diretos no Pará e em toda região Nordeste

Publicado em: 01 fevereiro - 2022

Leia todas


Expectativa da cooperativa é abrir mais 50 agências na região ao longo do ano

A Central Sicredi Norte/Nordeste, com atuação nos nove estados nordestinos e também no Pará, deve continuar o crescimento de sua rede de agências na região ao longo de 2022. A expectativa é que 50 novas unidades de atendimento sejam abertas neste ano, em um movimento que deve gerar mais de 300 postos diretos de trabalho.

Além da abertura de 50 novas agências na região e criação de 300 empregos previstos, a Central Sicredi Norte/Nordeste deve disponibilizar mais de R$ 1 bilhão em crédito, em 2022, para associados de todos os estados do Nordeste e também no Pará. Com isso, a cooperativa estimula o desenvolvimento econômico local, apoiando pequenos empreendedores urbanos e rurais e injetando recursos na economia.

“Com a expectativa do mercado financeiro para 2022 ser de um ano com muitos desafios na manutenção do equilíbrio na vida financeira das pessoas e das empresas, as cooperativas de crédito estão sendo percebidas como uma alternativa sustentável”, explica Wellington José da Silva, diretor executivo da Central Sicredi Norte/Nordeste. “Oferecemos aos nossos associados produtos e serviços em condições mais justas, além de contribuir de forma direta com o desenvolvimento local, gerando emprego e renda”, acrescenta.

De acordo com o Banco Central do Brasil, mais de 12 milhões de pessoas são associadas a cooperativas de crédito no Brasil, distribuídas em mais de 5 mil municípios. Em muitos deles, as cooperativas são as únicas instituições financeiras na cidade.

“Com essa expansão, esperamos atingir mais 40 mil associados ao longo de 2022”, explica Wellington. “Representamos um modelo financeiro sustentável e democrático, e um dos principais objetivos do Sicredi é gerar mais desenvolvimento e inclusão para as localidades onde atuamos”, conclui o diretor executivo da Central Sicredi Norte/Nordeste.

Cenário Nacional – De acordo com pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o cooperativismo incrementa o Produto Interno Bruto (PIB) per capita dos municípios em 5,6%, cria 6,2% mais vagas de trabalho formal e aumenta o número de estabelecimentos comerciais em 15,7%, estimulando o empreendedorismo local.


Fonte: Rede Pará


Notícias Relacionadas:



Publicidade