Medalha de Ouro para o Cooperativismo

Publicado em: 23 julho - 2021

Leia todas


Nessa sexta-feira (23/7) ocorreu a abertura oficial das Olimpíadas de Tóquio, no Japão. E para marcar esse momento, o Sistema Ocergs fez um resgate do levantamento feito pela organização em sua publicação RGCoop#18 que estabelece relação entre os Jogos Olímpicos e o cooperativismo.

Confira abaixo!

“Citius, Altius, Fortius” – mais rápido, mais alto e mais forte. Segundo Pierre de Coubertin, que propôs a frase em 1894, “essas três palavras representam um programa de beleza moral. As belezas do esporte são intangíveis”.

Quando falamos em Olimpíadas, normalmente lembramos de esportes, recordes, medalhas… Mas qual seria a relação entre as Olimpíadas e o Cooperativismo?

Originalmente, os Jogos Olímpicos eram parte de um festival religioso em homenagem a Zeus, o pai dos deuses e deusas gregos. O festival e os jogos aconteciam na cidade de Olympia, na Grécia e ocorreram entre os anos 776 a.c. e 393 d.c. O responsável pelo retorno dos Jogos Olímpicos foi um francês chamado Baron Pierre de Coubertin, que apresentou a ideia em 1894 – apesar da retomada dos jogos ocorrer somente em 1896 em Atenas, na Grécia. E a próxima edição será aberta oficialmente nessa sexta-feira (23/7), no Japão (inclusive tivemos alguns jogos e eventos que já começaram, como o softbol e o futebol)!

Anéis Olímpicos

Os anéis Olímpicos expressam a atividade do Movimento Olímpico e representam a união dos cinco continentes e o encontro de atletas de todo o mundo nos Jogos Olímpicos.

A meta do Movimento Olímpico é contribuir para a criação de um mundo melhor e pacífico educando os jovens através dos esportes praticados, sem discriminação de qualquer tipo e dentro do espírito Olímpico, que requer uma compreensão mútua com um espírito de amizade, solidariedade e o fair play. É importante lembrar que existem os Jogos Olímpicos de inverno, com os esportes relacionados ao clima mais frio, e também as Paraolimpíadas, para atletas com deficiências!

“O mais importante nos Jogos Olímpicos não é vencer, mas participar, assim como o mais importante na lida não é o triunfo, e sim a luta. O essencial não é a conquista, e sim, lutar bem”, Pierre de Coubertin.

Olimpismo e o Cooperativismo

Mas falar de Olimpíadas sem falar de Olimpismo não faz muito sentido!  E ao entender mais sobre o Olimpismo e o Cooperativismo, descobrimos que ambos jogam no mesmo time!

Olimpismo é uma filosofia de vida, que exalta e combina de maneira equilibrada as qualidades do corpo, dos anseios e da mente. Mesclando esportes com cultura e educação, o Olimpismo busca criar um modo de vida baseado na alegria encontrada no esforço, no valor educacional do bom exemplo e no respeito pelos princípios éticos fundamentais universais. Já conseguem encontrar alguma semelhança?

Os valores do Olimpismo são a excelência, o respeito e a amizade, e seus princípios são a universalidade e solidariedade, a união na diversidade, a autonomia e boa governança, e a sustentabilidade.  E em sua missão, também consta a promoção do esporte e dos valores Olímpicos na sociedade, com foco nos jovens.

Também existem os mascotes olímpicos!

OK, mas e o Cooperativismo??

Considerado pela ONU “um modelo de negócios que constrói um mundo melhor”, é uma opção de crescimento econômico que caminha junto com o desenvolvimento social, pautado por valores humanos como solidariedade, responsabilidade, democracia e igualdade.

Dentre seus princípios, temos “Autonomia e Independência”, a “Educação, Formação e Informação”, a “Intercooperação” e o “Compromisso com a Comunidade”. Dentre seus programas, temos o Geração Cooperação e o Aprendiz Cooperativo, voltados especialmente para os jovens cooperativistas. E temos também dentre as atividades finalísticas a Promoção Social e a Formação Profissional.

Mas será que nossas semelhanças se encerram aqui??

Jogos Olímpicos

Objetivo: promover o desenvolvimento de qualidades físicas e morais, reunindo atletas de todo o mundo em um festival esportivo.

Símbolo: arcos olímpicos – cinco anéis se conectam ligados pelo Movimento olímpico, representando os cinco continentes. As cores azul, amarelo, preto, verde e vermelho em um fundo branco representam as bandeiras dos países que participam dos jogos.

Alcance: os cinco continentes

Foco: jovens

Tradição: uma tocha é acesa e carregada por atletas, líderes, celebridades e público em geral. No dia da abertura, a tocha chega ao estádio principal e acende a Chama Olímpica, significando o início dos jogos.

Cooperativismo

Objetivo: reunir um time com qualidades morais em busca de um mundo melhor e mais justo.

Símbolo: dois pinheiros – um círculo abraçando dois pinheiros para indicar a união do movimento, a imortalidade de seus princípios, a fecundidade de seus ideais e a vitalidade de seus adeptos.

Alcance: os cinco continentes

Foco: jovens

Tradição: uma ideia em comum é criada e disseminada entre atletas, líderes, celebridades e público em geral. Eles realizam uma assembleia, escolhem um representante e isso significa o início de uma cooperativa.

E se pudéssemos formar times cooperativistas para participar de uma Olimpíada?

A equipe da RGCoop fez esse exercício!

Confira abaixo os times que nós montamos pra acumular medalhas!!!

Alguns dos esportes escolhidos podem ser jogados individualmente ou em equipes.

Ginástica Rítmica – envolve um conjunto de movimentos que exigem precisão, força, flexibilidade, agilidade, coordenação e equilíbrio. O desempenho individual dos atletas também é importante para o time, mas é na apresentação em conjunto que a equipe se destaca. Acreditamos que o Ramo Transporte possa ser nosso representante, pois os associados precisam de todas as qualidades dos atletas para enfrentar essas estradas e levar tudo que é consumido pelos brasileiros!

Remo – envolve muita força e resistência. Mesmo quando os remadores estão de costas para seu destino, o timoneiro mantém o ritmo e conduz a equipe. Os atletas confiam uns nos outros e treinam para que cada um faça seu melhor e, enquanto time, buscam estar alinhados e juntos na conquista de seus ideais. Ramo Crédito pode ser ouro nesse esporte. Com tantas leis e regras, acreditamos que os associados e seus líderes, mesmo em “águas turbulentas”, conseguem alcançar ótimos resultados cuidando dos nossos investimentos.

Pentatlo – compõe-se de cinco modalidades diferentes: hipismoesgrimanataçãotiro esportivo e corrida. Os atletas passam por muito treinamento, devem saber muitas regras e serem muito disciplinados, sem perder o foco na busca pela excelência. Certamente o Ramo Trabalho, Produção de Bens e Serviços, por agrupar tantas especialidades diferentes, é nosso time vencedor nesse esporte!

Futebol – todo mundo sabe um pouco de futebol, né? Uma das características é que esse é um dos esportes com mais jogadores nas Olimpíadas. Normalmente eles chegam de lugares diferentes, e com as suas habilidades individuais, formam um time só com os melhores de cada país. E por juntar tantas pessoas com necessidades e hábitos tão diferentes, trazer tanta diversidade de produtos e serviços, e oferecer tudo num mesmo lugar, acreditamos que o Ramo Consumo pode nos representar de forma vitoriosa!

Vôlei – objetiva passar a bola por cima da rede, de forma que toque no chão dentro da quadra do time adversário, evitando, ao mesmo tempo, que os outros façam igual movimento. O time deve estar alinhado, e cada jogador deve conseguir enxergar o jogo coletivamente e se comunicar com os outros de maneira rápida, eficaz e eficiente. Com essas características, nosso time só pode ser o Ramo Infraestrutura, que está em constante busca dos melhores meios para qualificar nossa comunicação e garantir nossa energia!

Vela – emprega-se a força do vento como meio de deslocamento. Cabe à equipe conduzir o barco adequando-se às condições adversas naturais para completar o percurso e cruzar a linha de chegada antes de seus adversários. Não basta só obter velocidade, o time deve estar trabalhando sempre junto para manter o barco em prumo e aproveitar as vantagens, mesmo dentre as adversidades naturais existentes. E apesar de ser um barco guiado pelo vento, a tecnologia de ponta também aparece bastante nesse esporte! Assim, apresentamos o Ramo Agropecuário para defender nossas cores, pois conta com a experiência de quem trabalha direto com a natureza e com tecnologia e é campeão em superar adversidades!

Curling – praticado em uma pista de gelo, objetiva lançar pedras de granito em um alvo, utilizando para isso a ajuda de varredores de gelo, que diminuem o atrito entre a pedra e a pista. O nome do esporte origina-se do verbo em inglês “to curl“, que significa “curvar”, e se deve ao fato de as pedras serem levemente giradas no ato do lançamento, descrevendo uma parábola em sua trajetória. As equipes são formadas dentro dos clubes e jogam juntas sempre, em todos os níveis de competição. Nada mais natural que o Ramo Saúde defenda nossa bandeira aqui. Afinal, cada profissional da saúde sempre busca “acertar o alvo” para que nossa saúde fique 100%!

Esperamos que vocês estejam sempre conosco na torcida para que o cooperativismo seja recordista em medalhas de ouro e siga quebrando recordes!


Fonte: Sistema Ocergs com adaptação da MundoCoop

Penn Museum (https://www.penn.museum/sites/olympics/olympicorigins.shtml)

Organização Olímpica Internacional (https://www.olympic.org/ )


Notícias Relacionadas



Publicidade