Prêmio ABDE-BID anuncia os vencedores da 8ª edição

Publicado em: 23 novembro - 2021

Leia todas


A Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE), o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) anunciaram os vencedores da 8ª edição do tradicional Prêmio ABDE-BID. O objetivo da premiação deste ano é impulsionar a produção e disseminação de conhecimento que contribua de forma efetiva para o desenvolvimento sustentável.

O Prêmio ABDE-BID foi dividido em três categorias: Desenvolvimento em Debate; Diversidade: aspectos gerais e desafios para o desenvolvimento; e Sistema OCB: Desenvolvimento e Cooperativismo de Crédito. Ao todo, foram inscritos 43 trabalhos acadêmicos. O primeiro colocado em cada uma das categorias receberá R$ 8 mil e o segundo R$4 mil.

Na categoria Desenvolvimento em Debate, o trabalho vencedor foi “Productivity of transportation infrastructure in Brazil: a sectoral and regional approach using dynamic panel data models”, de autoria de Victor Medeiros, Rafael Saulo Marques Ribeiro e Pedro Vasconcelos Maia do Amaral, todos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O artigo “Empowerment and gender equity in agriculture: evidence of smallholder farmers in Western Paraná (Brazil)”, levou o prêmio na categoria Diversidade: aspectos gerais e desafios para o desenvolvimento. O trabalho foi desenvolvido por Roberta Vedana, da Universidade de São Paulo (Esalq/USP), Marcos de Oliveira Garcias (Unila), Mary Arends-Kuenning (Universidade de Illinois) e Pery Francisco Assis Shikida (Unioeste).

Por fim, na categoria Sistema OCB: Desenvolvimento e Cooperativismo de Crédito, realizado em parceria com a OCB, a primeira colocação foi do artigo “O efeito do cooperativismo agropecuário e de crédito no desenvolvimento regional da agricultura familiar no Brasil”. A autoria foi de Érica Basílio Tavares Ramos, da Universidade de Goiás, com coautoria de José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e ministério da agricultura pecuária e abastecimento (MAPA).

A ABDE foi criada em 1969 e reúne 31 Instituições Financeiras de Desenvolvimento (IFDs) espalhadas por todo o país – entre bancos públicos federais, bancos de desenvolvimento controlados por estados da federação, bancos cooperativos, bancos públicos comerciais estaduais com carteira de desenvolvimento e agências de fomento -, além da Finep e do Sebrae. Juntas, essas instituições compõem o Sistema Nacional de Fomento (SNF).

Alinhada com os propósitos da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) e com o Acordo de Paris, a entidade promove ações para impulsionar o desenvolvimento sustentável através do financiamento a projetos de infraestrutura em áreas como energia renovável, saneamento básico, mobilidade urbana e cidades sustentáveis, bem como por meio do desenvolvimento de instrumentos financeiros inovadores para estimular o financiamento a projetos sustentáveis.


Fonte: Assessoria de Imprensa da ABDE


Notícias Relacionadas:



Publicidade