RHCoops: evento online discute os desafios e oportunidades do RH 4.0

Publicado em: 24 agosto - 2021

Leia todas


Ocorreu na manhã desta terça (24) mai um encontro do RHCoops. Organizado pela Employer RH, o encontro virtual contou com a abertura de Teresa Sanches Ferreira, consultora de RH da Employer. Com o tema “RH 4.0: Desafios e Oportunidades”, os participantes puderam refletir sobre as transformações do mercado de trabalho nos últimos anos. 

Abertura 

Para começar, o bate papo contou com a presença de Antônio César Marini, Gerente de Recursos Humanos da Coamo Cooperativa Agroindustrial. Em sua fala de abertura, Marini destacou a automatização dos processos nos últimos anos, com tecnologias sendo inseridas no dia a dia das empresas, e assim, levando-as ao ganho de eficiência, agilidade, redução de erros e claro, aumento de ganhos. 

Marini ainda chamou a atenção para a modernização da indústria, que vem acontecendo em ritmo acelerado. Com novos processos surgindo a cada dia, novas habilidades são demandadas. Neste cenário, qual o papel que a área de Recursos Humanos pode desempenhar, nesta Indústria 4.0? 

Palestra principal 

Após a abertura, o evento chamou para o palco virtual seu convidado e palestrante, Ildo Pedro Mengarda, Founder da HR Innovation Research. Mengarda iniciou sua explanação destacando como o setor do agronegócio tem sido um grande aliado no desenvolvimento de carreiras. Sendo um dos setores que mais evoluem nos últimos anos, o campo tem sido um exemplo de que as profissões de hoje irão se modificar, ou até mesmo desaparecer, num futuro próximo. 

Com as novas ferramentas que surgem a cada ano, os conhecimentos de hoje perderão o seu valor. Essa ruptura tecnológica, pautada em inteligência artificial e algoritmos, irá, como Mengarda destaca, criar um mundo do trabalho com novas competências. Diante disso, a capacidade de adaptação será um fator primordial para a sobrevivência neste cenário. ““Os profissionais e empresas que não se transformarem no mesmo ritmo do mundo, correrão o risco de perder espaço no mercado de trabalho”, ele afirma. 

Outro reflexo dessa mudança de cenário são as mudanças nos níveis hierárquicos. Nos últimos anos, a queda de ¼ na distância entre cargos de diretoria e de base, mostram uma profunda transformação no sistema de trabalhos dos dias de hoje. Processos entraram em um ritmo acelerado, e Mengarda destaca que isso deve se intensificar após a pandemia. 

Aproximando-se do fim de sua explanação, Mengarda fez uma pergunta: as cooperativas estão modernizando os seus processos de RH? Com a nova era, de tecnologias e habilidades humanas trabalhando em conjunto, é preciso que todos os processos se renovem e se adaptem. E isso, inclui os departamentos de RH. 

Considerações finais 

Para concluir, Mengarda trouxe algumas reflexões para a mesa, durante a rodada de perguntas. Como destacou, as habilidades que nos trouxeram até aqui não nos levarão adiante. Novos programas de capacitação e currículos acadêmicos precisarão ser criados, de forma a atender as novas demandas do mercado. É nesse processo de adaptação que o RH 4.0 deve se destacar, trazendo novas formas de pensar o mundo do trabalho, da contratação ao desenvolvimento dos processos dentro da empresa. 

Mengarda porém, ressalta que esses novos processos e tecnologias não irão dominar os postos de trabalho, mas sim, transformá-los. Nesta nova fase, os departamentos de RH deverão concentrar suas forças em desenvolvimento de capital humano, que no fim, são o ponto central de tudo. Na indústria 4.0, o RH é chamado a ser uma força de mudança ainda maior. 


Por Redação MundoCoop


Notícias Relacionadas:



Publicidade