Secretário de Planejamento elogia prática do cooperativismo, que gera maior confiança e participação

Publicado em: 21 junho - 2021

Leia todas


O secretário de Planejamento do Estado do Paraná, Valdemar Bernardo Jorge, esteve no dia 17 de junho, conhecendo o funcionamento da Coamo, em Campo Mourão (centro-oeste do Paraná). A visita teve como objetivo apresentar ao secretário os produtos e serviços oferecidos aos cooperados e a história de sucesso da cooperativa.

De acordo com o secretário, a Coamo é um símbolo de que é possível, através da força do trabalho, construir uma sociedade melhor. “A Coamo é uma empresa que está investindo no Paraná. Retira o produto do campo e faz a transformação, deixando um legado, uma história para a sociedade”, afirmou o secretário.

Jorge conheceu, junto com o presidente dos Conselhos da Coamo e Credicoamo, José Aroldo Galassini, e do presidente do Executivo da Coamo, Airton Galinari, a produção e planos de futuro da cooperativa. “Foi muito bom receber a visita do Secretário de Panejamento do Paraná, Valdemar Jorge, e mostrar a ele o trabalho que a Coamo faz há mais de 50 anos, sempre com a missão de gerar renda aos cooperados com desenvolvimento sustentável”, conta Galinari.

Para Jorge, a Coamo projeta crescimento, mesmo em tempos de pandemia. “Em um ano tão difícil, produziu alimentos para que não houvesse crise de abastecimento, que era nossa preocupação como governo. Recentemente a cooperativa e o Governo do Estado anunciaram um investimento de R$ 81 milhões para a construção de uma fábrica de ração, gerando mais empregos e renda.”

Sobre o cooperativismo, o secretário afirmou que o estado é o que é por causa do cooperativismo, e através da produção agrícola o Paraná é um estado melhor. Segundo Jorge, se não fosse o cooperativismo, liderado pela Coamo, o Paraná não seria essa potência que é hoje. “O cooperativismo praticado pela Coamo gera maior confiança e aumenta a participação dos cooperados no processo de decisão”, afirma.

O governo está preocupado em desenvolver a produção paranaense, buscando aumentar a diversidade de produtos. “Isso é feito através de pesquisas e tecnologia, e da confiança dos empresários em continuar investindo no Paraná. Acreditamos no futuro e na parceria entre as cooperativas, a Coamo em especial, e o governo do estado.”

Em relação aos principais projetos da pasta, Jorge afirma que o governo tem uma grande preocupação com a infraestrutura, rodoviária e ferroviária, e a ideia é ampliar a capacidade de transporte nas rodovias. Outro eixo do governo é dar todo apoio ao produtor rural para que ele possa ter condições efetivas de ampliar sua capacidade de produção, obter rentabilidade e reinvestir na sua propriedade.


Fonte: Imprensa Coamo


Notícias Relacionadas:



Publicidade