Sescoop/PR promove treinamento para coordenadores do programa

Publicado em: 18 março - 2021

Leia todas


Mais de 35 coordenadores do Programa Cooperjovem foram capacitados pelo Sistema Ocepar, por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop/PR), no dia 11 de março, em um evento virtual que contou também com a presença da equipe da Coordenação de Cooperativismo da entidade.

De acordo com a analista do Sescoop/PR, Fabianne Ratzke, o curso teve o objetivo de trabalhar temas voltados à gestão do relacionamento dentro do Programa, em busca por parcerias com as secretarias de Educação. “Entende-se que é cada vez mais necessário que os coordenadores, que estão à frente do Programa nas cooperativas, estejam aptos a conduzir reuniões e elaborar estratégias para a implantação do Cooperjovem nos municípios parceiros”, destacou.

As atividades foram conduzidas de maneira bastante dinâmica pela mestre em Educação, graduada em Pedagogia e Marketing, e com MBA em Liderança e Gestão Organizacional, Rejane Novello.

“O curso proporcionou a todos a oportunidade de reflexões criteriosas sobre a atuação das cooperativas junto ao Programa Cooperjovem, analisando as oportunidades que temos para uma atuação mais próxima das escolas, aproveitando esse momento de pandemia para disponibilizar eventos que contribuam para o desenvolvimento e preparo dos professores e, assim, o crescimento de toda comunidade escolar”, avaliou a coordenadora de Projetos Sociais da Cooperativa Copacol, Gislaine Pontes Fernandes. Há 15 anos a Coopacol faz parte do Cooperjovem, que está entre os principais programas executados na cooperativa.

Já o Sicoob Unicoob aderiu ao Programa há nove anos. Para a analista de projetos da Central, Nayara Spessato Alves, o curso ofertado pelo Sescoop ampliou o olhar dos gestores do Cooperjovem em relação às parcerias e à manutenção das atividades nos municípios. “Unir os coordenadores do Programa de todo o estado oportunizou uma grande troca de experiências, desta forma, crescemos com o relato do outro. Em tempos de pandemia, manter o relacionamento com os professores beneficiários é de grande valia. Se não formos a empresa cooperativa que oferece capacitação e apoio nesse momento delicado de ensino remoto e preocupação social com a comunidade escolar, não seremos a empresa que terá espaço dentro da grade educacional quando voltarem as aulas presenciais. As capacitações oferecidas aos educadores, mesmo que on-line, nos auxiliam a manter essas parcerias”, afirmou.

No Paraná, o Programa Cooperjovem é executado pelo Sescoop/PR e conta com a parceria de mais de 20 cooperativas, 34 mil alunos, 2.200 educadores e 348 escolas localizadas em 66 municípios paranaenses.


Fonte: Sistema Ocepar


Notícias Relacionadas



Publicidade