Sicoob Transamazônica e Coopertrans firmam acordo que facilita vida financeira de cooperados

Publicado em: 01 dezembro - 2020

Leia todas


Medida que incentiva a atividade turística na região insular de Belém, Barcarena e Acará (PA), a cooperativa de crédito Sicoob Transamazônica formalizou acordo de intercooperação com a Coopertrans, cujos cooperados passam a contar com a prestação de serviços bancários, assim como isenção, por três meses, da tarifa cobrada pelo uso da chamada ‘maquininha do cartão’ ou a cada emissão de boleto para Pessoa Física, além de limite de conta para situações emergenciais (cheque especial e crédito pré-aprovado).

A iniciativa tem origem no contato feito pelo Sistema OCB-PA para a Sicoob Transamazônica, em que surgiu a ideia de dotar de serviços bancários uma cooperativa da ilha do Combu que, mesmo ostentando belezas naturais e atrações gastronômicas, se ressentia da falta de um sistema financeiro eficiente e consistente, o que dificultava muito atrair investimentos em novos empreendimentos na localidade.

 “O cooperativismo é feito por gente. Onde há gente, há cooperativismo. As cooperativas de crédito chegam onde as pessoas a querem: conhecem a comunidade, se apresentam, mostram o que podem fazer, de que forma fazer, os benefícios, buscam incentivar a educação financeira para que todos possam crescer com responsabilidade e clareza”, assinalou o presidente do Sistema OCB-PA, Ernandes Raiol, ao acrescentar que o acordo deverá beneficiar, não só a cooperativa em si – que passa a ter uma conta Pessoa Jurídica – mas também seus 29 cooperados, se estendendo a familiares e à comunidade, de maneira geral. “Hoje, para tudo precisamos de conta corrente, banco, sistema digital, cartão de crédito. É uma necessidade de vida e de trabalho”, a secretária da Coopertrans, Ana Alice Gomes da Mota.

Entre as vantagens do novo serviço, a Sicoob Transamazônica estabeleceu condições únicas, mediante o acordo de intercooperação, como a cota capital pelo valor simbólico de R$1,00, isenção de 3 meses na maquinha de cartão, limite de conta para situações emergências, como cheque especial e crédito pré-aprovado.

Com a meta de ‘realmente incluir’, a Sicoob Transamazônica buscou facilitar ao máximo o ingresso da Coopertrans nos serviços da cooperativa de crédito. “Fizemos um trabalho especial, de levar a agência à comunidade para que eles não precisassem se deslocar até Belém e, de repente, perder uma manhã ou tarde para abrir uma conta. Esse é um trabalho que a gente sabe que as instituições financeiras tradicionais não fazem, mas a Sicoob Transamazônica faz, porque o cliente não é só um cliente, ele também é sócio, ele também é um dos donos da cooperativa. Ele faz parte da cooperativa”, explica a gerente de Relacionamento da Sicoob Transamazônica, Alessandra Oliveira.

Numa segunda etapa, uma nova equipe da Sicoob apresentará à comunidade o banco digital, orientando sobre os serviços e ferramentas, mediante a instalação do aplicativo para ativação dos acessos.  “Procuramos também orientar os associados sobre a questão financeira em si. É a primeira vez para alguns associados esse contato com uma instituição bancária. Por isso, prestamos toda uma assessoria financeira, para que eles ingressem nesse mundo com mais segurança”, explica Alessandra. A título de fortalecer o movimento cooperativista de crédito, a Sicoob Transamazônica pretende desenvolver mais ações de intercooperação semelhantes, de forma sério, sustentável, transparente e ética.   “Em novembro e dezembro, geralmente adotamos tais ações em vários ramos de atividade. Nesse sentido, o Sistema OCB-PA tem sido o nosso grande parceiro em todo esse processo para o fortalecimento das cooperativas, uma vez que instituições financeiras tradicionais não têm interesse de atender a todos, mas nós queremos, sobretudo, atender às cooperativas porque o nosso foco é a inclusão financeira”, conclui a gerente.


Por Marcello Sigawalt – Redação MundoCoop


Notícias Relacionadas



Publicidade